terça-feira, 30 de novembro de 2010

torta de chocolate e amendoim caramelado


Percebi que passei o mês inteiro sem postar nenhuma receita com chocolate. Não pode! Como vou manter minha fama de chocólatra desse jeito? Verdade que não tenho feito muita coisa com chocolate e meu jeito de comer mudou nos últimos meses. Essa torta fiz há um tempão, era para ser sobremesa de um almoço em família, o almoço não rolou, mas as lombrigas ficaram atiçadas demais com a torta, o jeito foi fazê-la. Devo dizer que as fotos não fazem jus à qualidade da torta. Receita daqui.

massa:
1 ½ xícara farinha de trigo
½  xícara açúcar de confeiteiro
¼ colher (chá) sal
115g manteiga, bem gelada e cortada em pedacinhos
1 gema grande

recheio de caramelo:
½ xícara creme de leite
½ açúcar, peneirado
1 colher (sopa) glucose de milho (karo)
2 colheres (sopa) manteiga com sal, cortada em pedaços, temp. ambiente
pitada de sal, caso usar a manteiga sem sal
¾ xícara amendoim torrado, sem casca 

ganache:
225g chocolate meio-amargo, picadinho
1 xícara + 2 colheres (sopa) creme de leite
4 colheres (sopa) manteiga sem sal


No processador de alimentos coloque a farinha, açúcar e sal, pulse algumas vezes para misturar tudo. Coloque os pedacinhos de manteiga e processe até virar uma farofa grossa. Desmanche a gema, e coloque-a aos pouquinhos no processador ligado, até formar uma massa. Retire do processador e amasse um pouco para ficar mais homogênea. Pressione a massa numa forma redonda de 22cm (usei de 24cm) até cobrir tudo, e leve ao freezer por 30min antes de assar em forno pré-aquecido a 180ºC, coberta com papel alumínio. Se você deixar a massa no freezer, não é necessário colocar pesinhos sobre o papel alumínio. Asse por cerca de 25min, retire o alumínio, e deixe no forno por mais 8min, ou até dourar. Coloque numa gradinha para esfriar, e só empregue o recheio depois de esfriar completamente.
Para fazer o caramelo, leve o creme de leite para ferver. Enquanto isso, numa panelinha coloque 3 colheres (sopa) de açúcar e leve ao fogo médio até o açúcar derreter. Quando derreter, mexa com uma colher de pau e coloque mais 3 colheres (sopa) do açúcar, deixe derreter novamente, então adicione as 2 colheres restantes, neste ponto, o açúcar já estará quase com a cor de caramelo. Acrescente a glucose de milho, e deixe ferver até adquirir a coloração dourada de caramelo. Com cuidado,  adicione a manteiga e sal (se usar), neste ponto, vai borbulhar bastante, é normal, e mexa bem. Em seguida adicione o creme de leite aquecido e abaixe o fogo, deixando o caramelo ferver por cerca de 2min. Deixe o caramelo esfriar enquanto prepara a ganache.
Coloque o creme de leite para aquecer, enquanto o chocolate derrete (eu faço no microondas). Despeje metade do creme de leite sobre o chocolate derretido e mexa cuidadosamente para combinar, fazendo movimentos circulares. Coloque o restante do creme de leite, fazendo o mesmo movimento, por último acrescente a manteiga, picada em pedaços, colocando um pedaço por vez. Não mexa demais a ganache, somente o necessário para combinar os ingredientes, assim ficará mais cremosa e macia. Cubra a ganache com filme plástico e deixe esfriar até chegar à temperatura ambiente.
Misture o amendoim ao caramelo (se o caramelo estiver muito frio, aqueça rapidamente, pois será mais fácil misturar), então despeje sobre a massa já fria, cobrindo toda a superfície. Coloque na geladeira por 15min, para firmar o caramelo. Do mesmo modo, se a ganache estiver mais espessa, aqueça um pouco e coloque sobre a torta, nivelando bem. Deixe na geladeira por 30min, e sirva a temperatura ambiente.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

bolo simples de limão siciliano


Fiz este bolinho para marcar minha volta à cozinha, o que significa recuperação da cirurgia que fiz recentemente. Ainda estou na fase de poder realizar somente esforço "leve a moderado", então escolhi um bolo em que fosse necessário o uso da batedeira ;)
Há tempos estava com vontade de comer um bolo simples de limão, quando me deparei com esta receita não tive dúvidas que faria o quanto antes. Aqui diminuí um pouco a quantidade de manteiga (no meu atual sedentarismo convalescente economizar qualquer caloria é bem-vindo), e ainda assim resultou num bolo super fofinho, daquele que praticamente desmancha na boca. Ah, pena que já acabou...

320g açúcar
3 ovos
raspas de 2 limões sicilianos
350g farinha de trigo
1 ½ colher (chá) fermento em pó
1 colher (chá) sal
250ml leite integral
½ colher (chá) extrato de baunilha
200g manteiga sem sal, derretida

calda:
raspas e suco de 1 limão
50g açúcar
100ml água

Pré-aqueça o forno a 170ºC. Unte com manteiga  e polvilhe com farinha uma forma de bolo inglês de 23 x 13 cm. Na batedeira coloque o açúcar, ovos e raspas de limão, bata bem. Peneire a farinha, fermento e sal. Numa tigela misture o leite e baunilha. Com a batedeira ligada, coloque cerca de um terço da misture de farinha, intercalando com leite, até adicionar toda a farinha e leite. Bata até a mistura ficar clarinha e fofa (ou até formar bolhas na massa). Diminua a batedeira para velocidade baixa e adicione a manteiga derretida, bata bem até incorporar. Coloque a massa na forma e leve ao forno, cerca de 1h15, ou até dourar e um palito sair seco.
Enquanto o bolo assa prepare a calda. Coloque todos os ingredientes numa panelinha, mexa bem e leve ao fogo baixo, deixe ferver até a mistura reduzir pela metade ou adquirir uma consistência de xarope.
Coloque a calda sobre o bolo ainda quente. Deixe o bolo esfriar completamente antes de desenformar.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

muffins de parmesão, azeitonas e tomilho


Vocês já devem ter percebido como eu gosto de muffins. Eles são super fáceis de fazer, práticos para transportar e ainda ficam bonitinhos! Esta é a segunda vez que preparo a versão salgada - não gostei muito do resultado da primeira vez. E estes ainda levam azeitonas pretas! Nada demais, se eu não passasse minha vida toda desprezando as pobres azeitonas, mas finalmente me rendi a elas. Adaptei um pouco, fiz meia receita, coloco as medidas de como eu fiz. A receita original está aqui.

150g farinha de trigo com fermento*
40g farinha de trigo
pitada de sal
75g azeitonas pretas, picadas
40g parmesão ralado
½ colher (sopa) tomilho seco
1 ovo
125ml leite (usei semi-desnatado)
65g manteiga derretida

Numa tigela coloque as farinhas peneiradas e sal. Misture as azeitonas, queijo e tomilho, mexa bem. Numa tigela pequena, misture o ovo, leite e manteiga, deixe bem misturado. Combine as duas misturas e coloque a massa nas forminhas, enchendo ¾ da capacidade das forminhas, polvilhe um pouco de queijo sobre a massa. Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC até dourar, faça o teste do palito.
rendimento: 9 muffins em forminhas com capacidade para 1/3 xícara.
*para 1 xícara de farinha, misture 1 colher (chá) fermento em pó, ¼ colher (chá) bicarbonato de sódio e ¼ colher (chá) sal.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

madeleines de limão e baunilha


A minha cozinha anda devagar, e eu também caminho bem devagar por ela. Semana passada passei por uma cirurgia, coisa simples mas que exige repouso, por isso não tenho feito nada ultimamente - estou morrendo de vontade de bater um bolinho! Mas ainda é melhor eu ficar quietinha para evitar qualquer complicação. Estas madeleines fiz há bastante tempo, confesso meio envergonhada que comi quase todas, foi a minha primeira fornada e estava muito boa! Receita do livro da Dorie.

2/3 xícara farinha de trigo
¾ colher (chá) fermento em pó
pitada de sal
½ xícara açúcar
raspas de 1 limão
2 ovos grandes, temperatura ambiente
2 colheres (chá) baunilha
6 colheres (sopa) manteiga, derretida e fria
açúcar de confeiteiro, para polvilhar

Misture a farinha, fermento e sal. Na tigela da batedeira misture o açúcar e as raspas de limão e esfregue com os dedos, até soltar os aromas. Adicione os ovos e na batedeira bata até ficar uma mistura clara, por 2-3min, adicione a baunilha. Com uma espátula, coloque delicadamente os ingredientes secos, em seguida adicione a manteiga derretida. Cubra a tigela com filme plástico e leve à geladeira no mínimo por 3 horas (no máximo por 2 dias, eu deixei por uma noite). Pré-aqueça o forno a 200ºC, unte com manteiga as cavidades da forma e distribua a massa às colheradas. Leve ao forno por 11-13 min ou até dourar. Retire do forno e desenforme com o auxílio de uma faca. Deixe em gradinhas até esfriar. Polvilhe com açúcar de confeiteiro depois de frio.


terça-feira, 16 de novembro de 2010

quiche de alho-poró e cogumelos


Não tinha intenção de fazer esta quiche, até que trouxe para casa muito mais alho-poró e cogumelos que estava preparada para consumir. Mais alguém compra comida por impulso? Em minha defesa digo que estavam tão bonitos e baratos que foi difícil resistir : D
Para a massa, procurei uma receita que se acomodasse ao tamanho da minha forma, e encontrei esta, mais uma vez substituindo uma parte da farinha branca pela integral. O recheio é uma receita-base que uso para todas as quiches, e o queijo de coalho... era porque estava sobrando na geladeira, rs.

massa:
1 xícara farinha de trigo
½ xícara farinha de trigo integral
70g manteiga, gelada e cortada em cubinhos
1 ovo
2 colheres (sopa) água gelada
pitada de sal

recheio:
2 talos de alho-poró, só a parte branca
2 colheres (sopa) azeite
200g cogumelos Paris fresco
200ml creme de leite (1 caixinha)
3 ovos
2 colheres (sopa) cebolinha
1 bastão de queijo de coalho
sal, pimenta do reino e noz-moscada, a gosto

Comece pela massa, colocando as farinhas e sal no processador, pulse para combinar. Coloque o ovo e processe até formar uma farofa. Então coloque a manteiga e deixe o aparelho ligado, adicionando a água aos pouquinhos, até formar uma massa homogênea. Retire e amasse algumas vezes. Embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por 30min. Abra a massa sobre uma superfície enfarinhada, coloque a massa numa forma redonda de 24cm (a quantidade de massa é exata para o tamanho da forma), e leve novamente à geladeira por 15min. Coloque em forno pré-aquecido a 180ºC por 7-8min, assim a massa não ficará muito úmida depois de receber o recheio.
Para o recheio aqueça o azeite e coloque o alho-poró fatiado, cozinhe em fogo baixo até murchar, mexa de vez em quando e coloque sal e pimenta. Fatie os cogumelos, coloque numa tigela e cubra com água fervente, para escaldar, deixe alguns minutos. Numa tigela grande bata ligeiramente os ovos, adicione o creme de leite e misture. Coloque o alho-poró e o cogumelo - já frios - o queijo de coalho ralado e a cebolinha. Tempere com sal, pimenta e a noz-moscada ralada na hora. Coloque a mistura sobre a massa e leve ao forno pré-aquecido a 200ºC, por 30min, ou até dourar.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

friands de pecãs e cranberries


Vocês já devem estar fartos de tantas receitas com pecãs, mas eu comprei uma quantidade grande, e a durabilidade delas é incrível. Ainda tenho um outro tantinho reservado para outra receita num futuro próximo. Estes friands ficaram fantásticos (sim, merece um adjetivo desses!) e ainda tive outra cobaia, além das minhas habituais. Fico feliz que tenha gostado, Quéroul.
Nesta receita diminuí um pouco a quantidade de manteiga, mesmo assim ficou bem macio, e apesar de não ter feito, aconselho a polvilhar um pouco de farinha, além de untar as forminhas, pois alguns quebraram para sair da forma, e só retire depois de frios. Receita daqui.

1 ½ xícara açúcar de confeiteiro
½ xícara farinha de trigo
1 xícara pecãs, picadinhas
¾ xícara cranberries secas, picadinhas
6 claras
185g manteiga, derretida
açucar de confeiteiro, para polvilhar



Pré-aqueça o forno a 180ºC, unte com manteiga forminhas de muffins. Numa tigela peneire o açúcar e a farinha, acrescente as pecãs e cranberries picadinhas (cerca de ½ xícara, reserve outra parte). Noutra tigela bata ligeiramente as claras, com um garfo, somente até espumar. Adicione as claras à mistura seca, mexa bem, e por último coloque a manteiga derretida, mexa até homogeneizar. Distribua a massa nas forminhas preparadas, enchendo cerca de 2/3 das formas, coloque o restante das cranberries por cima, e leve ao forno por 15-20min, ou até dourar e um palito sair seco. Retire do forno e deixe esfriar sobre uma gradinha, desenforme com cuidado. Polvilhe com açúcar de confeiteiro.
Fiz meia receita acima, e consegui 8 bolinhos.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

muffins de cenoura e maçã


Eu fiz estes muffins muito desconfiada do resultado. Meu pensamento era, isso tá mais pra um salpicão doce sem frango (??). Sim, algumas receitas natalinas já povoam minha mente. Depois de posto no forno, começou a assar e o aroma de canela invadiu a cozinha, deixei de ficar desconfiada e passei a esperar com ansiedade para provar. Fica delicioso e todos os sabores combinam lindamente. Coloco a receita original, no entanto, fiz algumas modificações, omiti o coco ralado porque não tinha, por isso dobrei a quantidade de maçã, e troquei pecãs por amêndoas. Receita adaptada daqui.

2 xícaras farinha de trigo
2 colheres (chá) bicarbonato de sódio*
2 colheres (chá) canela em pó
¼ colher (chá) sal
1 ¼ xícara açúcar
2 xícaras cenoura ralada
½ xícara pecãs picadas - usei amêndoas
½ xícara uva-passa - usei a clara
¼ xícara coco ralado adoçado (não coloquei)
3 ovos grandes
1 xícara óleo de milho
2 colheres (chá) baunilha
1 maçã Granny Smith,  ralada



Numa tigela grande, peneire a farinha, fermento, canela e sal, misture e coloque o açúcar. Adicione a cenoura ralada no ralo grosso, pecãs, passas e coco. Misture bem. Noutra tigela misture os ovos, óleo, baunilha. Descasque a maçã e passe pelo ralo grosso, adicione à mistura de ovos. Combine as duas misturas. Coloque em forminhas, leve ao forno pré-aquecido a 180°C, por 25min, ou até um palito sair seco.
Fiz meia receita e rendeu 11 muffins em forminhas com capacidade para 1/3 xícara cada.
*quando fui olhar a receita original, percebi que anotei fermento em pó, e deve ser bicarbonato de sódio, apesar da confusão, meus muffins cresceram com fermento, talvez sem todo o esplendor que cresceriam com bicarbonato :S

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

crumble de maçã e pecãs


Neste feriado fez dias quentes e noites frias, e aproveitei uma dessas noites para preparar novamente este crumble, enquanto assitia um filme de pijama no sofá. Tem coisa melhor?
Adaptei as quantidades da receita, me parecia doce demais, e vocês já devem ter percebido que apesar de adorar doces, não gosto deles carregados no açúcar. Receita adaptada daqui.

3 maçãs (usei Gala)
2 colheres (chá) açúcar
pitada de canela

cobertura:
1/3 xícara pecãs, picadas
1/3 xicara farinha de trigo
¼ xícara açúcar mascavo
pitadas de sal, noz-moscada e pimenta-da-jamaica
35g manteiga, derretida e fria

Unte um refratário e espalhe as maçãs cortadas em cubinhos, polvilhe a canela e o açúcar. Para a cobertura, misture as pecãs, farinha, açúcar mascavo, sal, noz moscada e pimenta-da-jamaica. Coloque a manteiga derretida e misture bem. Então, coloque esta farofinha por cima das maçãs e leve ao forno  - pré-aquecido a 180ºC - coberto com uma folha de papel alumínio, até começar a borbulhar, cerca de 30-40min.
rende 2 porções.