segunda-feira, 13 de julho de 2015

salada de avocado com tomates e rabanete


É só a gente pegar gosto pelo inverno que ele logo vai embora. Esta semana a temperatura começou a subir e eu logo tratei de fazer uma salada para dar cabo de um dos avocados na geladeira. E também para estrear meu mais novo livro de receitas vegetarianas
Não me tornei vegetariana, nem pretendo, mas se um dia for, vai ser algo natural e não uma decisão pensada. Curioso que meu decréscimo no consumo de carne começou justamente na gravidez, eu adoro bife mal passado, peixe cru, e essas coisas eu não podia comer, aí tive um medo enorme de engordar mais do que deveria (o que não aconteceu) e me joguei no reino vegetal, abri o leque de variedades, conheci outros sabores e nem tive aqueles desejos malucos de grávida! E continuei nesse esquema de pouca carne nos últimos dois anos, o mais estranho é que quando passo muitos dias seguidos sem carne eu começo a ficar mal humorada, brava - e dizem que é o contrário, comer o animal nos transmite essa agressividade... sei lá. Só sei que essa salada ficou muito boa e colorida, colocaria uma fatia de pão, ou uns croutons, senti falta de algum carboidrato acompanhando :)

1 cebola grande, finamente fatiada
3 colheres (sopa) vinagre de vinho tinto
1 dente de alho, picadinho
1 colher (chá) maionese
sal e pimenta
3 colheres (sopa) azeite
3 avocados, sem caroço, picados
12 tomates cereja (usei o italiano, grande)
3 rabanetes, fatiados finamente
½ xícara manjericão (usei salsinha)
85g ricota em lascas (usei queijo de cabra)

Pique a cebola, coloque uma tigela com água gelada e deixe por 30min. Para o molho, misture o vinagre, maionese, alho, sal pimenta e misture, em seguida junte o azeite e mexa bem. Para a montagem, coloque os pedaços de avocado num prato grande, espalhe 2 colheres de sopa do molho, misture delicadamente. À parte misture o tomate, rabanete e manjericão, adicione o restante do molho, misture e coloque no prato sobre o avocado, espalhe as lascas de queijo por cima e sirva.
rende: 6 porções.


segunda-feira, 6 de julho de 2015

caponata do Nigel


Faz um tempinho que não passo por aqui, né? Semana passada estava envolvida com os preparativos da festinha de aniversário da Clara, estava enjoada (literalmente) de cozinhar tanto, e nada me apetecia para comer. Agora estou organizando as coisas de volta, meio devagar e me dei uma folguinha para passar aqui e escolhi para postar o que mais me apeteceria comer agora: esta caponata maravilhosa (amanhã é dia de sacolão e já sei que vou trazer beringelas para casa!). A receita veio do meu divo Nigel Slater, do Tender, passei meses esperando baixar o preço para comprar este livro, ainda continua o mesmo preço, que caiu quase pela metade :o

2 beringelas grandes
1 cebola grande
azeite
2 dentes de alho, fatiados
2 talos de salsão, picado fininho
1 pimentão vermelho, picado
1 colher (sopa) extrato de tomate
200ml passata de tomate
2 colheres (sopa) uva passa branca
4 colheres (sopa) vinagre de vinho tinto
1 colher (sopa) açúcar
1 colher (sopa) alcaparras
1 punhado grande de azeitonas verdes

Descasque as beringelas, corte em pedaços de 2cm e joque sal, misture e deixe por 1 hora. Corte a cebola em tirinhas e leve ao fogo até ficar macia com o azeite, coloque o alho e deixe por 1 minuto. Retire tudo da panela, e em seguida coloque o salsão e o pimentão e deixe cozinhar até ficar macio, então retire da panela e coloque junto da cebola. Drene as beringelas, seque-as e coloque na mesma panela, quando começar a amaciar volte a cebola, alho, salsão e pimentão para a panela, mexa constantemente até a beringela ficar bem cozida. Junte o extrato de tomate, passata, uva passas, vinagre, açúcar, alcaparras, azeitonas e mais 150ml de água. Acerte o sal e pimenta. Deixe cozinhar por 25min, fique de olho para não queimar. Deixe na geladeira por uma noite e sirva com pão.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

bolo de iogurte com tangerina


Estava de olho na receita desse bolo há muito tempo, praticamente desde que o livro chegou, mas aí esquecia, não tinha os ingredientes e outras desculpas. Aí estava naquelas de usar logo ingredientes antes que estragassem, iogurte perto do vencimento, as mexeriquinhas azedas e concentradas estavam murchando... e decidi fazer o bolo durante uma tarde em que a Clara tirava sua soneca. Na receita original é um bolo de limão, só aumentei a quantidade de suco. Ficou bem fofinho e a calda da cobertura formou um crocante na casquinha do bolo... saudade!
Receita daqui.

¾ xícara óleo (usei de girassol)
2 ovos
1 colher (sopa) raspas de tangerina
6 colheres (sopa) suco de tangerina
280g iogurte natural (1½ potes daquele de 170g)
1 ¾ xícara açúcar
2 xícaras farinha de trigo
2 colheres (chá) fermento em pó
½ colher (chá) bicarbonato de sódio

calda:
80g açúcar
60ml suco de tangerina.

Numa tigela grande coloque o óleo, ovos, raspas, suco, iogurte e açúcar, misture bem com um fouet. Misture a farinha, fermento e bicarbonato e peneire. Adicione à tigela e mexa até ficar homogêneo. Coloque numa forma de buraco no meio de 24 cm. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC por 35min ou até um palito sair seco. Para a calda basta misturar os ingredientes e verter sobre o bolo ainda quente - mas não aquele quente de logo que saiu do forno, porque aí o bolo não vai desenformar.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

cheesecake, new york style


Sempre faço este cheesecake quando meu sobrinho vem para SP e nos encontramos (por isso a fotinho tirada no improviso). Um dia ele me contou que na prova de inglês da escola, uma das questões era nomear uma sobremesa americana/inglesa, ele respondeu cheesecake e a professora disse que não existia. Fiquei indignada com a professora mal informada!
Bom, eu sempre repito esta mesma receita, até comprei uma forma de aro removível com aquela trava para o prato. Eu uso uma assadeira de 21cm e adaptei as medidas da receita original e dá a medida certinha. Receita adaptada daqui.

100g biscoito maisena, triturado
4 colheres (sopa) manteiga derretida

800g crem cheese, temperatura ambiente
1 xícara açúcar
3 ovos
1 gema
1 colher (sopa rasa) farinha de trigo
1 colher (chá) baunilha

calda de morangos, ou outra de sua preferência

Numa tigela misture o biscoito e misture a manteiga derretida, deverá ficar uma farofinha úmida, coloque numa forma de aro removível de 21cm, aperte com as mãos e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC até dourar levemente. Retire do forno e deixe esfriar completamente.
Na batedeira coloque o cream cheese a bata até ficar uma mistura fofa, adicione o açúcar aos poucos até ser completamente incorporado. Em seguida coloque os ovos, um a um, batendo bem após cada adição, e a gema. Junte a farinha e baunilha. Não esqueça de raspar, além das laterais, o fundo da tigela da batedeira, sempre fica um pouco de cream cheese puro no fundo.
Antes de colocar a mistura, prepare a forma, use 3 ou 4 camadas de papel alumínio sob a forma, a fim de proteger o fundo e as laterais da forma, coloque numa assadeira alta. Despeje a mistura, coloque na grade do meio do forno, e com cuidado despeje água na assadeira (até a metade) para assar em banho-maria. Asse em forno pré-aquecido a 160ºC, se não tiver termômetro, coloque o forno no mínimo e deixe entre-aberto usando o cabo de uma colher de pau. Asse por 1h30 aproximadamente, ou até o centro da forma parecer seco e balançar levemente no meio - vai parecer que não está pronto. Deixe esfriar até a temperatura ambiente, depois cubra e leve à geladeira por uma noite. Antes de desenformar passe uma faca sem ponta por toda a volta da forma e então desenforme.