quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

bolo de cardamomo com crocante de nozes


Este é sem dúvida um dos melhores bolos que comi na linha "bolo simples", pela lista de ingredientes parece improvável que ficará uma boa combinação, mas o resultado é quase indescritível de tão bom! Exceto pelo sabor levemente picante do cardamomo, nem o café, nem a laranja se destacam muito. É a segunda receita que coloco deste livro na semana, é que o livro também é muito bom, ficou meio esquecido na prateleira e ultimamente quero fazer tudo que contém nele. Sem falar que uma forma de 15cm é perfeita para bolos cujo propósito é acabar rapidinho quando tem só duas pessoas para comer...

(cardamom crumb cake)
crocante/streusel:
1/2 xícara farinha de trigo
1/2 xícara nozes, picadas
1/3 xícara açúcar
1 colher (sopa) raspas de laranja
1/2 colher (chá) café solúvel
1/2 colher (chá) cardamomo em pó
4 colheres (sopa) manteiga sem sal, cortada em pedaços, temp. ambiente

bolo:
2 xícaras farinha de trigo
2 colheres (chá) fermento em pó
1/4 colher (chá) sal
1 1/4 colher (chá) cardamomo em pó
1 colher (chá) café solúvel
2/3 xícara açúcar
2 colheres (sopa) raspas de laranja
8 colheres (sopa) manteiga sem sal, derretida e fria
2 ovos grandes
1/2 xícara leite integral
1/2 xícara café forte, frio
1 1/2 colher (chá) extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno a 200ºC, unte com manteiga e polvilhe com farinha uma forma quadrada de 20cm*. Comece pela farofa/streusel. Numa tigela coloque todos os ingredientes, exceto a manteiga, e misture bem, adicione a manteiga, e usando uma espátula, ou a ponta dos dedos, misture tudo até obter uma farofa não muito fina, deixe alguns pedaços maiores que outros. Reserve.
Para o bolo, misture numa tigela grande a farinha, fermento em pó, sal, cardamomo e o café solúvel. Em outra tigela menor, misture o açúcar e a raspa de laranja, e esfregue com a ponta dos dedos até obter um açúcar úmido e perfumado, coloque este açúcar na mistura de ingredientes secos e misture bem. Misture os ingredientes restantes, combinando bem entre si, e coloque a mistura junto aos ingredientes secos e misture somente para incorporar. Coloque a massa na forma preparada, espalhe a farofa por cima, tente espalhar uniformemente. Leve ao forno por 30-35min, ou até que fique dourado, faça o teste do palito. Deixe esfriar sobre uma gradinha. A receita alerta para não desenformar o bolo, pois isso pode desmanchar a farofinha, a minha parecia bem unida à massa, e por isso desenformei, com o auxílio de dois pratos e não houve prejuízo na perda de farofinha.
*fiz meia receita, e coloquei numa forma quadrada de 15cm, rende 4 porções.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

brownies

Vivia me lamentando que tenho trauma de brownie. É tão fácil e no entanto não conseguia fazer, por poucas vezes saiu direitinho, na maioria das tentativas o resultado era uma massa que não assava direito após o tempo correto de forno - era brownie de colher - depois assava demais, e não saía da forma. Recuperei a esperança de brownies melhores quando chegou este livro, que tem grande variedade de receitas muito bem explicadas. Pensei, se não aprender a fazer brownie dessa vez, é melhor aposentar meu avental amarelo de vaquinha! Após ler a maioria das receitas percebi que o pulo-do-gato é mexer muito bem após a adição dos ovos, e somente misturar os ingredientes secos na última etapa. Escolhi a receita chamada "clássica", ficou ótima, só achei que deveria ter deixado uns minutinhos a mais no forno.

75g manteiga sem sal, cortada em 5 pedaços
112g chocolate meio-amargo, grosseiramente picado
56g chocolate amargo (usei 70% cacau), grosseiramente picado
3/4 xícara açúcar
2 ovos grandes
1 colher (chá) baunilha
1/2 colher (chá) café solúvel (opcional)
pitada de sal
1/3 xícara farinha de trigo
1 xícara nozes, picadas

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma quadrada de 20cm, forre com papel alumínio e unte novamente. Numa tigela coloque a manteiga, por cima os chocolates picados leve para derreter em banho-maria, mexendo de vez em quando. Retire a tigela da água quente e misture o açúcar. Adicione os ovos, um a um, mexendo bem a cada adição. Adicione a baunilha e misture vigorosamente, só então coloque o café solúvel, sal e farinha e mexa somente para incorporar. Coloque as nozes e misture. Coloque na forma preparada nivelando a massa. Asse por 30-33min, ou até a massa ficar opaca e um palito sair seco quando espetado no centro da forma. Retire do forno e deixe esfriar completamente. Sobre uma superfície seca, vire a forma, retire o papel alumínio, desvire o brownie e corte em 16 pedaços.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

pudim de coco e banana

 

Nesse feriado faltou coragem e até mesmo vontade para cozinhar. Olhava para as receitas marcadas, mas assim que via o tempo de forno, ponderava, e voltava para a frente do ventilador com um livro na mão. Este pudim faz tempo que foi feito, e ficou à espera de postagem, até que sua vez finalmente chegou. Encontrei esta receita por acaso, queria apenas algo simples para dar fim num pacotinho de coco ralado aberto na geladeira. O pudim é muito simples e saboroso, acho que ficaria muito bom também se uma parte das bananas fosse incorporada à mistura. Daqui.

 

1 xícara de açúcar
1 colher (sopa) farinha de trigo, peneirada
250ml creme de leite
3 ovos
1/2 xícara (40g) coco ralado
1/4 colher (chá) extrato de baunilha
4 bananas, fatiadas
1/4 (10g) xícara coco em flocos

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Numa tigela coloque o açúcar, creme de leite, farinha, ovos, coco ralado e baunilha, e misture bem. Reserve. Divida as bananas fatiadas entre 4 xícaras com capacidade para 250ml que possam ir ao forno. Coloque a mistura do pudim nas xícaras e leve ao forno, numa assadeira. Asse até dourar (demorou 45min). Polvilhe coco em flocos por cima.
rendimento: 4 porções
* fiz 2/3 da receita acima e coloquei em 3 xícaras de 200ml.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

bolo de café e chocolate

 

Vi este bolo pipocando por alguns blogs, e como sou fã da combinação café + chocolate não pude deixar de experimentar. Gostei bastante, é muito macio - a textura lembra este bolo - e as opiniões foram controversas, eu achei que ficou melhor no primeiro dia porque o sabor do whisky ficou mais pronunciado, houve quem preferiu comer no dia seguinte, e houve quem achasse pouco doce. Mas todos que provaram, aprovaram (manjada essa!). Adaptei levemente daqui, e a receita original encontra-se aqui.

2 colheres (sopa) chocolate em pó
2 colheres (sopa) café solúvel
150ml água quente
100ml whisky
pitadinha de sal
50g chocolate amargo (usei 70% cacau)
200g açúcar
70g manteiga sem sal, temperatura ambiente
2 ovos, temperatura ambiente
220g farinha de trigo
1 colher (chá) bicarbonato de sódio

Numa tigela, coloque o chocolate em pó, café solúvel, água quente, mexa até misturar. Adicione o whisky e sal, mexa novamente e reserve. Pique e derreta o chocolate e deixe esfriar. Na batedeira, coloque o açúcar + manteiga, e bata em velocidade média por 5 min, adicione os ovos, um a um, batendo bem após cada adição. Em seguida coloque o chocolate derretido. Coloque metade da mistura de whisky e mais metade da farinha (previamente peneirada e combinada com o bicarbonato), deixe bater bem. Coloque as metades restantes, e bata até ficar homogêneo, a massa fica relativamente líquida. Coloque a massa em forma redonda de 20 cm, untada e forrada no fundo com papel manteiga, e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC. Faça o teste do palito. Se quiser, depois de frio, polvilhe com açúcar de confeiteiro, eu prefiro manter intacta a casquinha crocante.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

sorvete de cereja com chocolate branco


De verdade, eu sou incompatível com clima tropical, me sinto mal, indisposta, lenta, fora do ar. Praticamente é uma hibernação forçada no verão, ao contrário do meu pai, que diz ficar mais disposto, o dia rende mais e melhor que no tempo frio. Mas apesar de achar que sorvete combina muito bem no inverno, a sorveteira não pára nestas semanas quentes, e entre vários copos de água gelada, uma bola de sorvete após o jantar tem sido a sobremesa recorrente. Estas cerejas consegui aos 45 min do segundo tempo, por sorte comprei uma quantidade grande, pois já estavam passadas, achei interessante como o sabor ficou parecido com frozen de amora que fiz tempos atrás. Receita daqui.
340g cereja sem caroço
180ml leite
420ml creme de leite
100g açúcar
pitada de sal
1 colher (chá) suco de limão
1 colher (sopa) rum
110g chocolate branco, derretido
Numa panela coloque a cereja, leite, 240ml creme de leite, açúcar e sal. Leve ao fogo médio até começar a soltar vapor, então abaixe o fogo e deixe cozinhar por 15 minutos. Retire do fogo e em seguida bata no liquidificador. Despeje numa tigela  e acrescente o creme de leite restante (180ml). Leve à geladeira por algumas horas, adicione o suco de limão e o rum. Coloque a mistura na sorveteira e proceda de acordo com as instruções do fabricante. Quando o sorvete estiver pronto, despeje o chocolate branco derretido, deixe a máquina ligada por mais alguns segundos. Coloque em pote hermético e leve ao freezer.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

escondidinho de carne seca

 

Receita executada pelo marido, ele que raramente se aventura pela cozinha -- já disse a ele que vou ficar com muito ciúme se pegar a batedeira e fizer um bolo, rs. Mas ele já fez pizza e nas férias inventou de bater maionese com fouet, depois que viu o tutorial no Cooking for Engineers. As coisas que ele se propõe a fazer saem muito boas, acho que ele poderia cozinhar mais, os salgados, claro, que eu não levo muito jeito. No fim das contas nos divertimos muito e comemos bem, não precisa de mais nada, né? A receita do escondidinho veio deste vídeo, e houve algumas substituições, as pimentas que não tínhamos foram substituídas por gotinhas de Tabasco, e apesar de ter adorado a idéia do queijo coalho para gratinar, foi usado parmesão ralado na hora. Ficou ainda melhor no dia seguinte!

750g mandioca cozida e amassada
200ml leite
30g manteiga , aproximadamente
500g carne seca, dessalgada e desfiada
2 cebolas médias, finamente fatiadas
2 dentes de alho
manteiga para rofogar
1 colher (sopa) cebolinha picada
sal e piimenta, a gosto
requeijão, quanto baste
queijo parmesão ralado

Misture a mandioca amassada - e ainda quente - com o leite e a manteiga, mexa até formar um purê. Reserve. Numa frigideira Grande, aqueça um pouco de manteiga e refogue o alho, coloque a carne seca já desfiada, misture bem e coloque a cebola, não precisa deixar a cebola murchar, deixe ainda um pouco crocante. Tempere com pimenta, e sal a gosto. Para a montagem, espalhe sobre um refratário um pouco do purê, não precisa fazer uma camada grossa, por cima espalhe a carne seca com a cebola e cubra com um pouco de requeijão. Novamente coloque o purê de mandioca e deixe bem selado nas lateirais do refratário. Coloque por cima o parmesão ralado e leve ao forno para gratinar. 

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

biscotti de chocolate e pistache

Esta é a primeira vez que faço biscotti, gostei tanto do resultado que pretendo fazer a versão mais tradicional, com amêndoas. Acho que tirei do forno da primeira vez cedo demais, pois a massa escura de chocolate não me deu muitas pistas de que estava ainda levemente crua. Na leitura da receita achei meio trabalhoso, mas depois vi que é até mais fácil que muitos cookies que já fiz. Do livro Martha Stewart's Cookies.

2 xícaras farinha de trigo
1/2 xícara cacau em pó
1 colher (chá) bicarbonato de sódio
1/4 colher (chá) sal
6 colheres (sopa) manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 xícara açúcar
2 ovos grandes
120g pistache sem casca
1/2 xícara chocolate blend, picado

Pré-aqueça o forno a 180ºC e forre uma assadeira grande com papel manteiga. Numa tigela misture a farinha, cacau, bicarbonato e sal. Na batedeira, bata a manteiga + açúcar em velocidade média, até ficar cremoso. Adicione os ovos, diminua para velocidade baixa, até incorporar. Adicione a mistura de farinha (minha batedeira não é muito potente, então coloquei um terço da mistura com a batedeira ligada, depois acrescentei o restante misturando com uma colher de pau). Coloque os pistaches e o chocolate e misture para combinar. Transfira para a assadeira, ajeitando a massa numa tora de aproximadamente 30x10cm (aqui preferi moldar com as mãos untadas com manteiga). Leve ao forno por 25min, ou até ficar firme, mas não totalmente assado. Retire do forno e deixe esfriar por 5 min. Com uma faca serrilhada, corte a massa diagonalmente em fatias de 2,5 cm. Arrume as fatias em outra assadeira também forrada com papel manteiga e leve novamente ao forno, cerca de 8 min, ou até o biscotti esteja com a aparência crocante e ainda macio no centro. Espere esfriar e guarde em pote hermético por até 1 semana.