quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

biscoitinhos de chocolate e morango



Quando vi estes biscoitinhos achei que teria que esperar até o ano que vem, na época de morangos, para experimentar. Mas os morangos são facilmente encontrados às vésperas do verão. Será que agora não existe mais "época de morangos" e teremos o ano todo, como as laranjas? Tá certo que estes não estão exatamente doces e macios, como estão em agosto, mas serviram para matar a vontade de fazer estes biscoitinhos que são uma espécie de mini cheesecake. São deliciosos, o biscoitinho é bem macio, vale a pena fazê-lo mesmo sem os recheios, que são perecíveis. Daqui.

3/4 xícara farinha de trigo
1/4 xícara cacau em pó
1/4 colher (chá) sal
56g chocolate meio-amargo, picado
100g manteiga sem sal, temperatura ambiente
1/4 xícara + 6 1/2 colheres (chá) açúcar granulado (doçucar)
1 gema grande
1/2 colher (chá) extrato de baunilha
110g cream cheese, temperatura ambiente*
2 colheres (sopa) açúcar de confeiteiro
110g morangos, sem os cabinhos e bem picadinhos

Numa tigela, peneire e misture a farinha, cacau e sal. Derreta o chocolate em banho-maria, deixe esfriar e reserve. Na batedeira coloque 1/4 xícara do açúcar granulado + manteiga e bata em velocidade média até ficar um creme fofo e claro. Misture a gema, baunilha e chocolate. Reduza para a velocidade baixa. Adicione a mistura de farinha, bata somente para incorporar. Cubra a massa e leve à geladeira por 1 hora. Pré-aqueça o forno a 180ºC. Coloque 6 colheres (chá) do açúcar granulado numa tigela pequena. Com a massa faça bolinhas de 2cm e passe-as no açúcar. Coloque em assadeira forrada com papel manteiga, deixando uns 3 cm de espaço entre as bolinhas. Com o cabo de uma faquinha, ou colher de pau, aperte o centro de cada bolinha, formando uma cavidade. Asse por 10min, retire do forno, e pressione novamente a massa, dessa vez alargando a "cratera" formada. Volte ao forno por mais 5 min, ou até que os biscoitinhos estejam assados. Deixe esfriar completamente. Numa tigela, misture o cream cheese com o açúcar de confeiteiro. Polvilhe 1/2 colher (chá) do açúcar granulado sobre os morangos picadinhos. Coloque a mistura de cream cheese em cada cratera dos biscoitos, e o morango por cima.
Rendimento: cerca de 3 dúzias, o meu rendeu 31 biscoitinhos.
*a quantidade pedida de cream cheese e morangos é um exagero, metade é mais que suficiente.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

muffin de laranja e papoula

Desde que soube que a produção das sementes de papoula está proibida no país, fiquei muito mais parcimoniosa no uso das sementinhas, pois só tinha meio vidro. Eis que arrumando minha prateleira de temperos, descubro que seu prazo de validade está prestes a expirar, e para não perder o pouco que tenho, procurei alguma receita para usá-la, e gostei bastante destes muffins. A massa é bem saborosa, e mesmo sem a papoula, talvez fique bom com nozes moídas, pois acho as nozes bem parecidas com o sabor da papoula.

Update: Pelo que soube, a proibição é referente à produção da papoula (por causa do ópio), a importação está liberada, mas parece que há tanta burocracia que muitas empresas deixaram de importar. Procurando por aí, encontrei neste site papoula para vender, tudo bem que é um site de produtos para pássaros, diz que as sementes são esterelizadas, pelo menos tem no estoque.

150g manteiga, temperatura ambiente
200g açúcar
2 ovos
1 xícara iogurte integral
1/4 xícara suco de laranja
1 colher (sopa) raspas de laranja
335g farinha de trigo
2 colheres (sopa) papoula
1 colher (chá) bicarbonato de sódio
1 colher (chá) sal

Misture manteiga + açúcar e bata até ficar homogêneo. Adicione os ovos, um a um, batendo bem após cada adição. Acrescente o iogurte, suco e raspas. Noutra tigela combine a farinha, papoula, bicarbonato e sal. Acrescente esta mistura seca à outra, e misture tudo, mas não bata demais, senão os muffins ficam duros. Coloque em forminhas e leve ao forno pré-aquecido até dourar.
Para não variar, fiz meia receita acima, e rendeu 9 muffins.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

biscoitinhos pacman


Só joguei videogame na infância, e quem tem por volta de 30 anos sabe que o videogame da época era o Atari. Os jogos vinham no formato de um cartucho que a gente espetava no aparelho e jogava até quebrar o joystick, trocava os jogos com as outras crianças da vizinhança. Depois de um tempo meu irmão quebrou o aparelho, quando cursava eletrônica no colegial, anos mais tarde ele me compensou com um disquete com todos os jogos de Atari, para jogar no computador, mas coordenação motora nunca foi meu forte, e não tinha o joystick, então desisti de jogar. Atualmente aqui em casa figuram dois games desses mais modernos e o máximo de interação que eu tenho com eles é tirar a poeira (também me falta coordenação para mexer com todos aqueles botões). Daí que senti saudade do Pacman quando vi estes cookies do Snack or Die, e resolvi fazê-los, lá tem o passo-a-passo. Como não tenho cortador de fantasma, nem sei se tem para vender por aqui, eu risquei na faquinha mesmo. A massa é do meu caderninho, uso há vários anos e sempre dá certo, o que me deixa com preguiça de testar outras massas de sugar cookies. Para a brincadeira ser completa, eu queria retirar as assadeiras do forno com esta luva =D



massa
75g manteiga, pode ser gelada
125g farinha de trigo, peneirada
50g açúcar
1 gema
1 colher (café) fermento em pó
1 colher (café) essência de amêndoa (ou baunilha)

Misture a manteiga, farinha e açúcar, até obter uma farofa. Acrescente a gema, fermento e essência, e misture até a massa ficar homogênea. Enrole a massa em filme plástico e leve à geladeira por 30min (mais ou menos tempo, depende da temperatura do dia). Abra a massa com um rolo, aproximadamente 0,5cm de espessura, sobre uma superfície enfarinhada, e use os cortadores. Leve ao forno em assadeira forrada com papel manteiga (papel alumínio também serve), e deixe no forno pré-aquecido a 180ºC, até dourar. Deixe esfriar na assadeira, e então transfira para uma gradinha até esfriar completamente. Só então empregue o glacê.

glacê real (daqui)
2 1/4 xícara açúcar de confeiteiro, peneirado
7 1/2 colheres (chá) merengue powder
1/4 xícara água

Coloque na batedeira todos os ingredientes, e bata em velocidade baixa por 10min. Pode ser necessário acrescentar mais água. Divida o glacê em potinhos, coloque o corante. Usei saquinhos de plástico, e fiz um furinho para passar o glacê nos biscoitinhos. Passe o glacê no entorno nos biscoitos, depois faça zigue-zagues no interior, e preencha toda a área com o auxílio de um palito de dente. Espere secar antes de guardar em pote hermético.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

crumble de aveia com maçã


Esta é uma das sobremesas que comia compulsivamente, mas de repente parei de fazer, e por muito tempo ficou esquecida. Depois que vi outro crumble, relembrei deste, fui correndo para a cozinha, e nem deu tempo de fotografar. Provavelmente os tempos de crumbles semanais não voltarão, mas de vez em quando certamente irei fazê-los para matar a saudade. Coloco a receita tal qual encontrei, mas depois de tantas preparações eu faço a olho, de acordo com meu paladar, normalmente coloco mais uva passa, deixo a farofa mais seca (com metade da manteiga), já fiz com amêndoas e neste tem avelãs.

1 1/2 xícara aveia em flocos
100g manteiga
1 colher (sopa) farinha de trigo
2 colheres (sopa) açúcar mascavo
1 colher (sopa) uva passa
2 colheres (sopa) nozes
4 maçãs (usei gala)
suco de 1/2 limão
manteiga para untar o refratário


Pré-aqueça o forno a 180ºC. Derreta a manteiga no microondas. Numa tigela média, misture a aveia, farinha, açúcar, uvas-passas e nozes. Junte a manteiga derretida, e misture com as pontas dos dedos, formando uma farofa. Reserve. Descasque as maçãs, corte-as ao meio e retire as sementes. Fatie cada metade, formando meias-luas. Coloque numa tigela, regue com o suco de limão e misture bem, para não oxidar. Unte uma forma refratária com manteiga e vá sobrepondo as fatias, todas no mesmo sentido, de modo a formar uma escama. Espalhe a farofa sobre as maçãs e aperte delicadamente. Cubra com papel alumínio e leve ao forno por 10 min. Retire o papal, e deixe assar por mais 5 min, ou até que a crosta de aveia esteja dourada. Sirva quente, morno ou frio.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

sorvete de chocolate


No maravilhoso livro do Lebovitz consta que há dois processos básicos para fazer sorvete: o estilo francês, em que é feito um creme com gemas (custard), deixando o sorvete mais macio e cremoso, pois as gemas agem como emulsificante; e o estilo Filadélfia, mais simples, com um sorvete bem mais firme. Depois de ter aprendido a fazer custard direitinho (errei váárias vezes, deixando talhar), decidi experimentar este sorvete, ao estilo Filadélfia, pois ao ler a lista de ingredientes, pensei, é impossível ficar ruim. É um sorvete bem denso, mesmo meio derretido ainda fica firme, mas é bom usar chocolate amargo, creio que o meio-amargo deixará muito doce. Só tenho mais uma coisa a dizer: se de alguma forma sorvete de chocolate é importante para você, não deixe de fazer!

560ml creme de leite*
50g cacau em pó
200g açúcar
pitada de sal
170g chocolate amargo (usei 72% cacau), picado
250ml leite integral
1 colher (chá) baunilha

Numa panela grande, misture o creme de leite, cacau, açúcar e sal. Aqueça a mistura, mexendo sempre, até abrir fervura e ficar espumoso. Retire do fogo e coloque o chocolate picado, mexa até derreter completamente, misture o leite e a baunilha. Coloque a mistura no liquidificador por 30 segundos, ou até ficar bem cremosa. Leve à geladeira por algumas horas, então passe a mistura na sorveteira de acordo com as instruções do fabricante. Leve ao freezer em pote hermético.
*Não queria comprar duas garrafinhas de creme de leite para esta receita, vi que tinha a marca Salute com 550ml, nunca tinha usado e foi uma grata surpresa, pois foi o melhor creme de leite que já experimentei.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

muffin de blueberry com calda de limão


Mais um muffin! Este eu fiz porque comprei mirtilo fresco, mas não gostei dele para comer puro, estava azedo. E como ainda procuro uma receita definitiva de muffins de mirtilo, resolvi testar esta. Diria que a procura terminou, porque eles são ótimos, super macio, e a calda de limão deixa meio molhadinho; mas sei que se daqui um tempo me deparar com outra receita, também vou querer preparar. Por enquanto é o muffin definitivo. Mais uma receita do Baking Unplugged.

2 3/4 xícara farinha de trigo
1 colher (sopa) fermento em pó
1/2 colher (chá) bicarbonato de sódio
1/2 colher (chá) sal
3/4 xícara manteiga sem sal, amolecida
1 xícara açúcar
raspas de 1 limão
2 ovos grandes, temperatura ambiente
1/4 xícara água
1/2 colher (chá) extrato de baunilha (opcional)
1 xícara iogurte integral (não use desnatado)
1 1/2 a 2 xícaras de blueberries

Pré-aqueça o forno a 190ºC. Numa tigela média, misture a farinha, fermento, bicarbonato e sal. Noutra tigela, misture a manteiga, açúcar e raspas, bata até ficar macio, por uns 2 min. Adicione então os ovos, um a um, e misture bem. Coloque a água e baunilha, aqui a mistura ficará um pouco talhada. Acrescente metade da mistura da farinha, misture, e então coloque o iogurte, mexa, e mais a outra metade de farinha. Despeje os mirtilos na massa, e mexa delicadamente com uma espátula de silicone. Divida a massa entre as forminhas, até quase encher. Leve ao forno até passar no teste do palito. Deixe esfriar nas forminhas por 2-3 min, então transfira os muffins para uma gradinha.
Enquanto isso, faça a calda de limão. Numa panelinha misture 1/4 xícara de sumo de limão e 3 colheres (sopa) de açúcar, leve ao fogo até o açúcar dissolver, mexendo bem. Despeje a calda sobre os muffins ainda mornos. Pode ser necessário furar com um palito os muffins para a calda penetrar sem escorrer para fora das forminhas de papel.
Fiz meia receita acima, e obtive 11 muffins.