quinta-feira, 27 de outubro de 2011

brownie de chocolate e manteiga de amendoim


Hoje estou sem inspiração para o post. Sabe aquela receita que dá tudo certo, fica deliciosa, todo mundo come, repete e deixa saudade quando acaba? Aconteceu tudo isso com estes brownies, eu achei a massa crua a coisa mais gostosa do mundo, parecia Dadinho dos bons tempos. 
Só ocorreram alguns percalços operacionais. Ignorei a recomendação de usar batedeira, e foi difícil bater aquele monte de açúcar na mão - de certa forma já estava me exercitando sábado pela manhã para devorar os quadradinhos no lanche da tarde. E não ficou mesclado, como prometia o título da receita, porque coloquei muita massa no topo, sugiro deixar menos da metade de massa de amendoim para cobrir. Exceto por essas duas coisinhas - falhas totalmente minhas - foi um dos melhores brownies já provados. Receita desse livro.

140g chocolate meio-amargo, picadinho
112g manteiga sem sal, temperatura ambiente
2 xícaras (450g) açúcar mascavo
¾ xícara (190g) manteiga de amendoim cremosa (usei Skippy)
3 ovos grandes, temperatura ambiente
2 colheres (chá) extrato de baunilha
1 ¼ xícara (170g) farinha de trigo
2 colheres (chá) fermento em pó
½ colher (chá) sal
½ xícara (80g) amendoim, picado

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma retangular de 20x30cm*, forre com papel alumínio, deixando sobras de papel nas laterais da forma (facilitará para desenformar), e unte novamente. Derreta o chocolate e reserve. Na batedeira coloque o açúcar mascavo e a manteiga, bata por 5min, ou até ficar mais claro. Adicione a mateiga de amendoim e bata para homogeneizar. Quebre os ovos numa tigela e misture ligeiramente com um garfo. Coloque aos pouquinhos os ovos na mistura de manteiga e batendo em velocidade média. Em seguida coloque a baunilha. Adicione a farinha, fermento e sal - previamente combinados - somente até incorporar. Por fim coloque o amendoim. Separe metade da massa e misture ao chocolate derretido. Coloque na forma metade da massa de amendoim e uniformize a massa, espalhando com uma espátula. Por cima coloque a massa de chocolate e alise também com a espátula. Por fim, coloque colheradas da massa de amendoim, e faça movimentos circulares com um palito, para dar um efeito mesclado. Leve ao forno por 30-40min, ou até que um palito inserido no centro da forma saia ligeiramente úmido. Espere esfriar antes de desenformar.
* fiz 2/3 da receita e coloquei numa forma quadrada de 20cm.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

torta de tomate


Quando eu era criança, era também muito chatinha para comer, não gostava disso, daquilo. Havia um pequeno grupo de alimentos que gostava e não queria me aventurar por outros sabores. Mas uma das coisas boas de crescer é mudar de idéia, expandir horizontes e aumentar o repertório de gostos - não só os alimentares. Aqui entra o tomate, que se tornou um gosto adquirido: primeiro me limitava a colocar uma rodela no meio do sanduíche, aos poucos já admitia tê-lo na salada e hoje fico bem satisfeita com uma tigela de tomates picados com um pouco de sal.
Esta torta, à primeira vista, me pareceu uma pizza feita com patê brisée, no entanto tem todo o jeitão de torta. Aqui usei o queijo fontina, sugerido na receita, porque não conhecia e queria experimentar, mas creio que todo queijo que derrete fácil deve combinar na torta. Receita da dona Martha.

massa:
1¼ xícara farinha de trigo
½ colher (chá) sal
100g manteiga, gelada e cortada em pedacinhos
30ml (2 colheres de sopa) água gelada

recheio:
1 cabeça de alho
3 colheres (sopa) azeite
¾ xícara (85g) queijo fontina, ralado no ralo grosso
4 tomates médios, bem maduros e ainda firmes, cortados em rodelas
folhas de manjericão (coloquei salsinha)

Aqueça o forno a 180ºC. Coloque a cabeça de alho sobre uma folha de papel alumínio, despeje uma colher de sopa de azeite e embrulhe o alho no papel. Coloque sobre uma assadeira e leve ao forno por 45min, ou até ficar macio quando espetado com uma faca. Retire do embrulho e amasse os dentes de alho com um garfo, descarte as cascas, e reserve.
Prepare a massa. Na tigela do processador coloque a farinha, sal e manteiga, pulse até formar uma farofa úmida. Adicione a água aos pouquinhos, até que uma massa de forme, não processe demais, e pode ser necessário mais água, ou menos também. Coloque a massa sobre uma superfície enfarinhada e amasse algumas vezes, só até ficar homogênea. Abra a massa com um rolo e cubra-a uma forma redonda de 25cm*, fure a massa com um garfo e leve ao freezer por 30min.
Espalhe o alho amassado sobre a massa, cobrindo toda a superfície. Em seguida espalhe ½ xícara do queijo ralado, e disponha as rodelas de tomate, uma sobre a outra, formando uma espiral. Salpique o sal (usei sal grosso moído) e pimenta, espalhe o restante do queijo e o azeite. Leve ao forno já pré-aquecido a 200ºC por 40-50min, ou até que a massa esteja dourada e o queijo derretido. Aguarde 20min para esfriar, sirva morno.
* fiz dois terços da receita, coloquei numa forma de 20cm e a quantidade da massa foi suficiente.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

sorvete cheesecake de morango


E dia desses eu cismei que precisava tomar sorvete. Sim, uma necessidade sem lógica nenhuma, e que não poderia ser satisfeita com sorvete industrializado. Eu me acostumei muito mal com sorvete caseiro, sempre que provo algum pronto acho tão aguado e sem graça que prefiro ficar sem. Pois então, dei de cara com esta receita sabor cheesecake, tão fácil, só bater tudo no liquidificador... e vamos combinar que é só um sorvete de cream cheese, exagero chamá-lo de cheesecake, mas como não fui eu quem criou a receita, deixo o nome assim. A despeito do nome, fica bem saboroso, leve e nada enjoativo. Ah, rende pouco, o que de certa forma, não é tão ruim por aqui...
Receita um pouco adaptada do The Perfect Scoop.

230g cream cheese 
½ limão verdinho, só as raspas
1 xícara creme de leite
125ml leite semi-desnatado
2/3 xícara (130g) açúcar
pitada de sal
¼ xícara geléia de morango, mais ou menos

Corte o cream cheese em pedacinhos, e coloque no liquidificador, juntamente com as raspas de limão, creme de leite, leite, açúcar e sal. Bata até ficar bem homogêneo, cerca de 2min. Coloque a mistura numa tigela, cubra e leve à geladeira por algumas horas. Passe a mistura pela sorveteira. Num pote, coloque metade do sorvete, por cima espalhe um pouco de geléia, coloque a outra metade do sorvete e cubra novamente com geléia. Leve ao freezer.
rende: aproximadamente 750ml.

A geléia usei caseira. Faço de um jeito bem simples: retiro todos os cabinhos do morango e peso. Depois lavo e corto em pedaços não muito miúdos. Coloco na panela e acrescento 40% do peso dos morangos em açúcar, mexo bem, e deixo em fogo médio. Se quiser menos pedaçudo, vá amassando os morangos já cozidos com um garfo. Quando estiver num ponto de calda, quase parando de pingar na colher, está pronto. Leva uns 20min na panela, dependendo da quantidade de morangos + açúcar.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

bolo de amêndoas e frutas vermelhas


Na terça-feira marido me viu tirando a manteiga da geladeira e perguntou o que ia ser, respondi: hoje vai ter bolo! Em seguida ele indagou se era para uma ocasião especial, titubiei antes de responder, e falei que sim, era uma ocasião especial: aniversário do meu pai. Logo me lembrei desse lindo post da Sandra, que me deixa com um nó na garganta cada vez que leio, e decidi que sim, meu pai merece um bolo em sua homenagem todo dia onze de outubro. No ano passado, essa data também significava um mês da sua morte, estava tudo tão confuso e difícil, e não consegui pensar em nada. Mas esse ano, apesar da saudade e por causa da saudade, quis fazer algo como homenagem.
Talvez meu pai preferiria um bolo de cenoura (seu preferido), ou o pudim de leite da minha mãe, mas acho que ele ia gostar bastante desse bolinho igualmente simples e bonito. Receita coisinha de nada adaptada daqui.

80g manteiga, temperatura ambiente
110g açúcar
2 ovos
½ colher (chá) baunilha
150g farinha de trigo
1 colher (chá) fermento em pó
110g amêndoas sem pele, moída
3 colheres (sopa) amaretto
150g framboesa
100g mirtilo
1 colher (chá) açúcar
¼ colher (chá) canela em pó
açúcar de confeiteiro



Pré-aqueça o forno a 180ºC, unte as laterais e polvilhe farinha numa forma redonda de 20cm*, unte e forre o fundo com papel manteiga, reserve. Na batedeira coloque manteiga + açúcar e bata até ficar um creme claro e fofo. Adicione os ovos, um a um, batendo bem após cada adição, em seguida coloque a baunilha. Peneire a farinha e fermento, misture a amêndoa. Coloque aos poucos a mistura na batedeira, até ficar homogêneo. Por fim, coloque o amaretto, bata somente até incorporar. Coloque a massa na forma preparada, alise bem e disponha as frutinhas. Polvilhe o açúcar e a canela, leve ao forno até ficar dourado e um palito sair seco quando inserido no centro da forma. Deixe esfriar bem, desenforme e polvilhe açúcar de confeiteiro.
*Na receita original a forma usada é de 23cm, coloquei numa menor e a massa se acomodou bem, porém, coloquei bem menos frutinhas.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

cookies (super fáceis) de pecãs e chocolate


Eu gosto tanto dessas receitas-surpresa, folhear um livro como quem não quer nada, ler uma receita que promete sujar uma tigela, e eu fiquei pensando: será que resultam em cookies de "meia-tigela", de tão ridiculamente simples de fazer? Executei todos os passos da receita meio sem pretensão de que ficasse bom, e fui surpreendida por um dos melhores cookies que já provei, tendo como bônus-super-extra a facilidade e a alegria de não precisar usar batedeira - já falei que desprezo odeio minha batedeira? Pois é.
Receita do livrinho aqui.

2 xícaras pecãs, picadas
200g manteiga sem sal
¾ xícara açúcar mascavo, aperte bem para medir
¾ xícara açúcar granulado
½ colher (chá) sal
2 colheres (chá) extrato de baunilha
2 ovos grandes
2 ¼ xícaras farinha de trigo
½ colher (chá) bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) fermento em pó
2 xícaras chocolate meio-amargo, picado (coloquei gotas de meio-amargo e ao leite)

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Coloque as pecãs numa assadeira e leve ao forno por 6-9 min, só para soltar os aromas. Transfira para um prato e deixe esfriar. Numa tigela grande, que possa ser levada ao microondas, coloque a manteiga e leve ao microondas por 1min, retire e mexa até derreter completamente. Usando uma colher de pau misture os açúcares à manteiga. Adicione o sal, baunilha e ovos, misture até ficar bem homogêneo. Coloque a farinha, bicarbonato e fermento, misture somente até incorporar. Por fim, adicione o chocolate e pecãs. Faça bolas com a massa e leve à geladeira até firmar, por 45-60 min. Volte a aquecer o forno a 180ºC. Disponha as bolotas de massa, levemente achatadas, numa assadeira forrada com papel manteiga, e asse por 15-18min, ou até ficar dourada nas bordas e ainda macia no centro. Transfira para uma gradinha até esfriar completamente, então guarde em pote hermético por até dois dias. A bolas de massa podem ser levadas ao freezer, e congeladas por até 1 mês.
rendimento: 18 cookies grandes, fiz meia receita e obtive 13, de 60g cada.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

clafoutis de tangerina e água de flor de laranjeira


A época de tangerinas está acabando mesmo, e deixando saudade. Felizmente ainda deu tempo de preparar este clafouti, que vi no Trem Bom, pois era uma ótima receita para estrear minha garrafinha de água de flor de laranjeira que comprei movida por pura curiosidade. À primeira cheirada, a água não agradou muito - parecia perfume, e vou confessar a vocês que eu não gosto de perfumes - mas na mistura toda com as mexericas ficou bem saboroso e discreto, como deve ser. Na receita, a Valentina explica para tirar a pele que reveste cada gomo da mexerica, eu não consegui fazer isso sem destroçar os pobres gomos, então cortei a parte de cima do gomo, que é mais grossa, retirei as sementes e usei assim.

120g açúcar 
5 tangerinas, sem sementes
150ml creme de leite fresco
150ml leite
2 ovos + 3 gemas
4 colheres (chá) água de flor de laranjeira
25g farinha de trigo
Unte potinhos e polvilhe um pouco de açúcar. Descasque as mexericas e separe os gomos e retire as sementes. Disponha os gomos sobre os potinhos preparados. Leve ao fogo o leite e creme de leite até abrir fervura. Retire do fogo e reserve. Numa tigela coloque os ovos e as gemas, adicione o açúcar. Com um fouet misture tudo até ficar homogêneo. Coloque a água de flor de laranjeira + farinha de trigo e misture bem. Despeje o leite aquecido à tigela e misture somente para incorporar. Divida a mistura entre os potinhos. Leve ao forno pré-aquecido a 190C por 30 minutos. Retire do forno, polvilhe com o açúcar de confeiteiro e sirva com uma colherada de iogurte natural ou creme fraîche. Eu prefiro comer purinho.