terça-feira, 29 de novembro de 2016

conserva de pepino


Nunca imaginei que fazer conserva seria tão fácil, na minha cabeça era algo trabalhoso, complicado e cheio de passos, com o resultado incerto. Talvez tenho lido coisas demais sobre vidros de conserva estufados e todo o trabalho jogado no lixo. Havia encontrado lindos e pequeninos pepinos para vender, achei os pepininhos uma fofura e trouxe para casa. Admito que fiquei receosa pelo resultado, mas eles ficaram tão deliciosos, picantes e crocantes que divido com vocês a receita. Do livro Jerusalem: A Cookbook.

1 litro de água
4 ½ colheres (sopa) sal
1 colher (chá) sementes de mostarda preta
1 colher (chá) sementes de coentro
10 grãos de pimenta-da-jamaica (não utilizei)
5 cravos
1 colher (chá) sementes de aipo
1 buquê de folhas de endro (não tinha, usei 1 colher de chá das sementes de endro)
7 dentes de alho, descascados e levemente esmagados
6 folhas de louro
900g pepinos baby (próprios para conserva)*

Primeiro esterelize o vidro, aquecendo água suficiente para cobri todo o interior do vidro. Quando a água ferver, desligue o fogo e coloque o vidro e a tampa, deixe por 5 minutos, retire da água e coloque para secar sobre um pano limpo.
Para a conserva: Numa panela coloque a água com sal e leve para ferver. Enquanto isso coloque as sementes, metade das folhas de endro, alho e louro no fundo do vidro. Coloque os pepinos no vidro, verticalmente, arrumando para ficarem bem juntinhos, coloque o restante do endro. Despeje a água dentro do vidro, de modo a cobrir todo os pepinos. Feche com a tampa, deixando a tampa frouxa, mas não totalmente aberta. Guarde em lugar seco e escuro por 3 dias.  Passado o tempo experimente o pepino, se quiser mais ácido deixe por mais 3 dias - eu deixei por mais 2 dias. Guarde em geladeira por até 2 semanas  - aqui em casa durou por mais tempo.
* Fiz ¼ da receita, e coloquei em somente 1 vidro com capacidade para 500ml.

Nenhum comentário:

Postar um comentário