quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

maionese caseira


Até pouco tempo atrás só comprava a maionese da Heinz, que era importada da Espanha, era mais cara mas achava que compensava a diferença de preço, além de vir num vidro muito bom que utilizo para tudo. Até que na última compra estranhei a embalagem ser aquela furreca de plástico e custar o mesmo preço, depois que cheguei em casa fui notar que a maionese é fabricada aqui e tem gosto de qualquer maionese normal que custa um terço do preço. Maionese com sabor de decepção. Marido acha que é uma adequação ao paladar brasileiro, já que o ketchup da mesma marca sofreu uma mudança no sabor quando passou a ser produzido aqui. Eu acho que é o bom e velho cortar os custos da produção para manter o lucro. Daí decidi que vou fazer a minha maionese, mesmo. O preço é ridiculamente inferior, dá um pouco de trabalho, admito, mas o resultado final compensa muito, além de fazer um pouquinho de exercício batendo a maionese na mão. Sim, bater com o fouet foi o jeito mais certeiro que encontrei para a maionese não desandar, errei algumas vezes mas finalmente acertei o ponto deste jeito. Receita daqui.

1 gema, temperatura ambiente
1 colher (chá) mostarda (usei de Dijon)
1 xícara óleo vegetal (usei de girassol, pode usar azeite, ou uma combinação dos dois)
1 colher (sopa) limão espremido
sal e pimenta-do-reino

Numa tigela grande coloque a gema e a mostarda, bata com o fouet até misturar bem. Com uma colher de chá coloque gotinhas do óleo e vá batendo até incorporar, coloque mais gotinhas e bata. Se colocar muito óleo de uma vez neste comecinho a maionese vai desandar e simplesmentefficará um líquido, portanto, é importante colocar o óleo de gotas. Depois de bater por uns 3min neste esquema de gotas você vai notar que a mistura vai engrossar um pouquinho, como um mingau ralo. Daqui pra frente coloque uma colher de chá por vez e continue batendo, até ter colocado cerca de metade do óleo, a mistura continuará engrossando. Depois coloque um fiozinho de óleo por vez, até terminar. Quando todo o óleo estiver incorporado a mistura estará mais pesada e não se parecerá com maionese. A mágica acontece quando você colocar o sumo de limão, misture bem e a maionese vai ficar clara e macia. Coloque sal e pimenta-do-reino. Guarde num vidro bem vedado, na geladeira, dura cerca de 1 semana.
rende: 1 xícara.

3 comentários:

  1. Olá Tatiane, nunca comprei a maionese dessa marca, mas o ketchup sim e realamente notei a diferença da qual fala, parei de comprar. Acredito que a maionese caseira é mais saborosa e podemos acrescentar mais elementos qdo da nossa vontade.
    Um abraço e ótima tarde pra vc.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Tati,

    Antigamente eu também gostava de fazer a minha maionese em casa. Depois, com a paranoia que surgiu com relação às gemas cruas eu perdi este hábito. Depois me acomodei, rsrs. Mas eu mesma sei que a paranoia com as gemas é exagerada. Além do mais, a gente já encontra claras e gemas pasteurizadas nos super, motivos mais do que suficientes para eu voltar aos velhos hábitos, rsrs. A sua maionese deve ter ficado supimpa, muito melhor mesmo do que as que compramos.

    Beijoca

    ResponderExcluir
  3. Adoro maionese, e sim, caseirinha é que é mesmo boa!
    Adoro com alho e ervas.
    Um beijinho.

    ResponderExcluir