13.7.15

salada de avocado com tomates e rabanete


É só a gente pegar gosto pelo inverno que ele logo vai embora. Esta semana a temperatura começou a subir e eu logo tratei de fazer uma salada para dar cabo de um dos avocados na geladeira. E também para estrear meu mais novo livro de receitas vegetarianas
Não me tornei vegetariana, nem pretendo, mas se um dia for, vai ser algo natural e não uma decisão pensada. Curioso que meu decréscimo no consumo de carne começou justamente na gravidez, eu adoro bife mal passado, peixe cru, e essas coisas eu não podia comer, aí tive um medo enorme de engordar mais do que deveria (o que não aconteceu) e me joguei no reino vegetal, abri o leque de variedades, conheci outros sabores e nem tive aqueles desejos malucos de grávida! E continuei nesse esquema de pouca carne nos últimos dois anos, o mais estranho é que quando passo muitos dias seguidos sem carne eu começo a ficar mal humorada, brava - e dizem que é o contrário, comer o animal nos transmite essa agressividade... sei lá. Só sei que essa salada ficou muito boa e colorida, colocaria uma fatia de pão, ou uns croutons, senti falta de algum carboidrato acompanhando :)

1 cebola grande, finamente fatiada
3 colheres (sopa) vinagre de vinho tinto
1 dente de alho, picadinho
1 colher (chá) maionese
sal e pimenta
3 colheres (sopa) azeite
3 avocados, sem caroço, picados
12 tomates cereja (usei o italiano, grande)
3 rabanetes, fatiados finamente
½ xícara manjericão (usei salsinha)
85g ricota em lascas (usei queijo de cabra)

Pique a cebola, coloque uma tigela com água gelada e deixe por 30min. Para o molho, misture o vinagre, maionese, alho, sal pimenta e misture, em seguida junte o azeite e mexa bem. Para a montagem, coloque os pedaços de avocado num prato grande, espalhe 2 colheres de sopa do molho, misture delicadamente. À parte misture o tomate, rabanete e manjericão, adicione o restante do molho, misture e coloque no prato sobre o avocado, espalhe as lascas de queijo por cima e sirva.
rende: 6 porções.


4 comments:

  1. A salada está bonita e refrescante Tatiane, uma fatia de pão seria perdeita!
    Não sou vegetariana, mas passo vários dias sem carne numa boa, de repente preciso urgente de um belo bife para saciar minha fome, acho que moderação é a chave...um livro vegetariano é sempre interessante para descobrirmos novas opções e sabores, ainda compro um.
    Boa semana.

    ReplyDelete
  2. Tati, esse tempo também me deixa louca... ora frio, ora calor e a minha rinite agradece. Aff...
    Mas, vamos falar de coisas boas: comida! ;)
    Amo uma "carninha" sangrando, assim como vc descreveu. E quando passo um tempinho sem carne, subo pelas paredes também. Já ouvi dizer que há uma relação com o tipo sanguíneo (o meu é O), pois diz a "lenda" que o tipo O é o sangue mais antigo encontrado; os homens da caverna se alimentavam das caças. Agora se isso tudo tem fundamento já é outra história. Prefiro acreditar que sim, pois assim tenho uma justificativa para o meu desejo carnívoro...rsrs. Mas, sou fã de saladas! A sua está pra lá de apetitosa! Hummm...
    Bjs

    ReplyDelete
  3. Hummm, deve ser delícia essa salada!
    Engraçado, eu tb fico mau humorada quando fico sem comer carne, heheheh. Deve ser a abstinência, né?!

    Primeira vez por aqui. Amei o blog!
    Beijos!
    Lalí

    ReplyDelete