quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

bolo de iogurte com marzipã e papoulas


Essa coisa de tomar sol não é pra mim, detesto. Aquela expressão "vá pela sombra" eu levo ao pé da letra, ando na rua encostada nos muros para conseguir o máximo de sombra, e sempre que posso, evito sair de casa nos horários mais quentes e ensolarados. O resultado disso foi uma deficiência de vitamina D, e a recomendação médica de tomar sol diariamente (essa deficiência pode causar alguns distúrbios psquiátricos, e né, não preciso mais do que já tenho). Como estou levando meu tratamento com afinco, comecei a tomar sol - reclamo de precisar lagartear por aí. Quando dá tempo de manhã, dou umas voltas pelo condomínio com a Clara, mas geralmente só consigo um tempo quando ela dorme depois do almoço, aí faço a versão-apartamento de tomar sol na laje e vou pra sacada sentir minha pele arder. E pra espantar o tédio destes longos vinte minutos tostando minhas células, passo o tempo com o celular na mão, xeretando no facebook, passeando na hashtag #benedictcumberbatch do instagram (tenho 13 anos? sim ou com certeza?), e às vezes faço algo mais útil: procuro receitas. Encontrei esta quando procurava alguma coisa com marzipã e ainda teve o bônus das papoulas, que estão há um tempo guardadas, mas se não tiver nada disso, a receita base do bolo é ótima, bem úmida e facílima de fazer. Receita veio daqui e adaptei um pouco.

250ml iogurte natural
xícara óleo (usei de milho)
½ xícara açúcar
3 ovos extra-grandes (usei 4 médios)
2 xícaras farinha de trigo
2 colheres (chá) fermento em pó
5 colheres (sopa) sementes de papoulas
120g marzipã cortado em cubinhos

Pré-aqueça o forno a 180ºC, unte e enfarinha uma forma redonda de 20cm. Numa tigela grande misture o iogurte, óleo, açúcar e ovos - usar fouet facilita. Sobre esta tigela peneire a farinha e o fermento, em seguida adicione popoulas e marzipã. Misture bem, mas não bata demais.. Leve ao forno por uns 50min, ou até um palito sair seco. Espere esfriar para desenformar e espalhar o glacê.
Para o glacê não tem muito segredo, comecei com ½ xícara de açúcar de confeiteiro peneirado e algumas gotas de suco de limão, vá adicionando açúcar e suco de limão até atingir a consistência desejada, lembre-se de colocar um pouquinho de cada, sem pressa. 
Despeje a calda dobre o bolo.

8 comentários:

  1. O bolo ficou lindo , adoro bolos com sementes de papoila
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Que aspecto magnífico!!
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderExcluir
  3. Que delicia de bolinho, ficou bem guloso.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro sol, não em demasia, mas por aqui bem que faz falta!
    E adoro este tipo de bolo, perfeito com iogurte, os pedaços de massapão e as sementinhas.
    Um beijinho.

    ResponderExcluir
  5. TB SOU IGUAL A VC, VOU PELA SOMBRA!!!!
    E TB NEM TENHO SAIDO DE CASA.....
    O BOLO FICOU MARAVILHOSO!!!!!

    BJS...

    ResponderExcluir
  6. Somos irmãs? ;) Fujo do sol como o diabo foge da cruz! E adoro o Benedict - vivo olhando os vídeos dele no YouTube! Sem falar que não perco um filme ou seriado :) Quanto ao bolo, parece divino!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. assisti até Star Trek por causa dele :)

      Excluir