quinta-feira, 27 de setembro de 2012

biscoitinhos de alcaravia


O blog deu uma paradinha, né? Peguei carona nas férias do marido e sempre nessa época do ano o blog perde um pouco do fôlego - deve ser meu inferno astral, rs. Mas antes de tudo isso preparei estes biscoitinhos, uma receita que já estava marcada há tempos, fiquei curiosa pela presença da alcaravia e sobretudo pelo vinho na massa. Esperei sobrar um pouco de vinho na geladeira, eu quase não bebo, então vinho em casa é consumido no risotto, no frango e no que mais eu conseguir embebedar para comer. Os biscoitinhos ficam muito melhores no mesmo dia em que são feitos, bem crocantes e cheios de aromas das especiarias, mas não se apresse: aqui em casa eles duraram mais de uma semana e deixaram saudades. E ser for muito difícil encontrar alcaravia, semente de erva-doce dá um ótimo substituto. A receita veio do Classic Home Desserts.

2 xícaras farinha de trigo
½ xícara manteiga, temperatura ambiente
½ xícara açúcar
½ colher (chá) canela em pó
½ colher (chá) noz-moscada, moída na hora
1 colher (chá) alcaravia (kümmel)
¼ xícara vinho branco

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Numa tigela coloque a farinha e manteiga, mexa com as pontas dos dedos até formar uma farofinha. Adicione o açúcar, canela, noz-moscada e alcaravia, misture. Coloque o vinho aos poucos e vá mexendo até formar uma massa homogênea (eu precisei acrescentar um pouquinho mais de vinho que pedido na receita). Agora você pode abrir a massa numa superfície enfarinhada e moldar os biscoitos com cortadores - é assim que está no livro. Eu preferi o caminho mais curto: embrulhei a massa em filme plástico, fiz um cilindro com a massa, deixei no freezer até firmar, desembrulhei do filme plástico e cortei em fatias de 0,5cm - se preferir abrir massa com o rolo, também deixe 0,5cm de espessura. Coloque numa assadeira forrada com papel manteiga e leve ao forno por 14min, ou até os biscoitos ficarem firmes, não deixe dourar.