quinta-feira, 14 de outubro de 2010

muffins de limão siciliano e papoulas


Andei sem muita noção do tempo nas últimas semanas, ora parecia que o tempo acelerou, ora pensava que as semanas se arrastaram. Fato é que pouco cozinhei recentemente, falta de ânimo, de interesse, e a dor por ter uma ferida aberta e pulsante: meu pai faleceu há pouco mais de um mês. Bom, aprendi que o mundo não pára pra gente juntar os cacos quando a gente se quebra em mil pedacinhos, então este é mais um recomeço dos tantos que passei recentemente. E também não tem outro jeito senão andar pra frente, e se tinha uma coisa que meu pai não gostava era ver minha cara triste... e eu achava a maior graça quando ele perguntava se os docinhos que levava para ele foram comprados na padaria pelo caminho ;)
Como faz um tempo que fiz a maioria das (próximas) receitas, e deixei as fotos guardadas, nem sempre lembrarei de todas as impressões. Mas desde sempre, tudo o que publico aqui foi porque gostei e achei que seria legal compartilhar. Estes muffins agradaram bastante, são perfeitos para o café da manhã, não testei, mas devem ficar bons com limão tahiti e sem as papoulas. Receita desse livro.

2/3 xícara açúcar
raspas e suco de 1 limão siciliano
2 xícaras farinha de trigo
2 colheres (chá) fermento em pó
¼ colher (chá) bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) sal
¾ xícara sour cream*
2 ovos grandes
1 colher (chá) extrato de baunilha
8 colheres (sopa) manteiga, derretida e fria
2 colheres (sopa) sementes de papoulas

Numa tigela grande misture o açúcar e as raspas de limão, e esfregue com as pontas dos dedos até o açúcar ficar aromatizado. Misture então a farinha, fermento, bicarbonato e sal. Numa outra tigela misture o suco de limão, sour cream, ovos, baunilha e manteiga. Combine as duas misturas, e por último adicione as sementes de papoula. Distribua a massa entre as forminhas e leve ao forno pré-aquecido a 200ºC por 18-20 min, ou até que os muffins estejam assados, faça o teste do palito. Deixe esfriar completamente e só então coloque a cobertura.
Para o glacê misture o açúcar de confeiteiro e 1 ½ colher (sopa) do suco de limão, mexa bem e coloque mais suco aos poucos, sempre misturando bem, o glacê deve ficar um pouquinho grosso, se ficar muito ralo vai escorrer pelos bolinhos.
*para o sour cream, misture 1 xícara de leite, ou creme de leite, com 1 colher (sopa) de limão ou vinagre de maçã.
rendimento: 12 muffins.

13 comentários:

  1. Tati, querida, senti a sua falta por aqui, que pena o seu sumiço ser por algo tão triste. Força, querida. Realmente é uma perda enorme. Estou aqui torcendo pro você.
    xx

    ResponderExcluir
  2. Tati, sinto muitíssimo! Tomara que logo, logo você encontre novos temperos para a vida...

    Um beijo enorme!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Tati,

    Já estava saudosa, imaginei que você estivesse se dando um tempo de descanso!
    Eu bem posso imaginar a sua dor, pois já passei por isso e sei que não é fácil. Sinto muito por sua perda viu? receba um abraço de solidariedade.
    O bom é que você já sabe que deve continuar andado, e que a vida é um permanente recomeço.
    Quanto aos muffins, estou certa de que devem ser deliciosos, é mais uma receita que entra na minha lista de 'a fazer'!

    Um beijo e boa tarde!

    ResponderExcluir
  4. eu entendo você..entendo a sua dor muito!!!quando meu pai foi para o outro lado..eu não conseguia reunir meus cacos!!hoje..passado um bom tempo..ainda doi a saudade!mas..a gente vive!força amiga!!!!adorei seus muffins..ficaram lindos..bjus

    ResponderExcluir
  5. Oi Tati...
    Sinto muito por sua perda, mas Deus sabe o que faz... Força!

    Seus muffins estão lindos e com certeza deliciosos.

    Abraços, Daniana
    http://cozinhasemdrama.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. azedinho-doce, como normalmente é nossa vidinha.
    bem vinda de volta com os fofos muffins!


    um abração apertado, sempre sempre.
    =***

    ResponderExcluir
  7. Puxa Tati,
    Sinto muito pelo seu pai....
    Eu não sei nem o que falar, porque também sinto essa tristeza, mas a minha tristeza é diferente, porque eles moram muito longe(Japão), e já fazem 8 anos que não os vejo, e dói muito.
    Força Tati!!!!
    Agora, falando desses muffins, devem ser deliciosos.

    beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi querida
    Que bom que voce voltou! Nao imaginava que voce estava passando por tamanha dor, sinto muito amiga. Recomeçar é sempre gratificante, apesar dos caquinhos. Receba meu abraço bem apertado e afetuoso.

    Quanto ao muffin, como sempre e como tudo que voce faz é delicioso - irei anotar a receita.
    Bjo grande no teu coração
    Léia

    ResponderExcluir
  9. Adoro muffins e aqui tem tantos e tão deliciosos. Vou cuscar mais um pouco seu blog.

    ResponderExcluir
  10. Sinto saber sobre o seu pai. Mas é isso, a gente continua (nem que seja por curiosidade, para saber o que pode vir depois, como escreveu o Quintana).

    ResponderExcluir
  11. Agora entendi o seu silêncio minha amiga. Realmente vc faz muita falta...
    Consigo partilhar do que está sentindo de forma tão recente Tati...luto contra essa ausência e as consequências q deixaram no meu corpo como a ansiedade. Não é fácil, mas, no meu caso Deus tem feito diferença...
    Dar sinais de ânimo é um bom caminho a seguir, mas saber desabafar é primordial. Estamos presentes, viu? Prá que vc não se sinta sozinha e nem a tristeza seja uma constante...
    Que Deus possa renovar suas forças e devolver a alegria de fato no seu coração...juntamente com seus familiares.
    Um bejim grande no seu coração!

    ResponderExcluir
  12. Minha amiga...a vida nos trás muitas vezes momentos de dor...mas de um modo ou de outro nos cobra a coragem pra recomeçar...a certeza de que juntando os caquinhos seremos inteiros outra vez!

    O ato de cozinhar talvez nos faça espairecer...pensar em outras coisas, alguma forma de ser feliz!

    Deixo pra voce meus sentimentos,um abraço carinhoso, e a certeza de que não estás sozinha, nesse mundo, mesmo que virtual, estamos todos juntos, seguindo em frente.

    Renata Boechat

    ResponderExcluir
  13. Oi Tati, meus sentimentos pelo seu pai, deve mesmo ser uma dor muito imensa. Mas desejo que Deus te conforte e que a ferida se feche em breve.
    Adorei estes muffins e pretendo testá-lo assim que a dieta permitir.
    Beijos,
    Fabi

    ResponderExcluir