21.10.10

galette de batata, cebola e gruyère


Fiquei um tempão de olho nesta galette, no livro tem uma foto tão bonita dela, que sempre me deixava com vontade, afinal, tem tudo o que eu gosto e não poderia dar muito errado. Exceto pela massa. Esta massa é  farelenta quando crua e quebradiça depois de assada, no entanto, fica muito saborosa. Não tentem fazer como eu, que para apressar o almoço coloquei a massa no freezer, quando deveria ficar na geladeira, resultado: quando fui levantar as bordas a massa quebrou (que óbvio!), tentei "colar" com o ovo na hora de pincelar. Mas apesar da minha trapalhada, a galette ficou bem saborosa. Receita deste livro.

massa:
100g manteiga, gelada
3 a 4 colheres (sopa) água gelada
1 ¼ xícara farinha de trigo
¼ colher (chá) sal

recheio:
1½ colher (sopa) azeite + 1 colher (sopa) para finalizar
1 cebola grande, finamente fatiada
½ colher (chá) de tomilho ou alecrim frescos (usei tomilho seco)
¼ colher (chá) sal
pimenta-do-reino a gosto
100g queijo gruyère, grosseiramente picado
2 batatas grandes - cerca de 450g, lavadas e cortadas em fatias finas de 0,5cm
1 ovo, ligeiramente batido



Corte a manteiga em cubinhos, coloque num prato e leve ao freezer por pelo menos 20 min. Na tigela do processador de alimentos, coloque a farinha e sal, processe por 10seg até combinar bem. Adicione a manteiga e pulse 6 a 10 vezes, até a mistura apresentar pedacinhos bem pequenos de manteiga. Retire do processador e adicione a água aos poucos, vá amassando com as mãos até que a massa fique unida, mas ainda alguns farelos irão se espalhar: este é o ponto da massa. Amasse mais um pouco, umas 6 vezes, não amasse demais. Abra a massa com um rolo, formando um círculo de aproximadamente 30cm, coloque sobre uma assadeira (eu forrei a assadeira com papel alumínio, facilita para retirar a galette da assadeira depois de pronta) e leve à geladeira por 1 hora. Enquanto isso prepare o recheio.

Numa panela aqueça 1 ½ colher (sopa) de azeite, adicione a cebola e deixe cozinhar por 8-10min, mexendo de vez em quando, até a cebola murchar e ficar douradinha, mantenha o fogo baixo, misture sal, pimenta e tomilho, mexa bem. Deixe esfriar. Depois de frio, numa tigela grande, misture a cebola, batata e o queijo, regue com mais azeite, se for necessário coloque mais sal e pimenta.

Retire a massa da geladeira, coloque o recheio por sobre o centro da massa. Levante as bordas da massa, uns 3-4cm, e dobre para dentro. Tente "empurrar" o recheio para dentro das bordas, se não estiver bem espalhado. Pincele o ovo batido na borda da massa, e leve ao forno pré-aquecido a 200ºC, por 45-50min, ou até a massa dourar e as batatas ficarem macias - teste com uma faca. Deixe esfriar por 5-10min antes de servir.

12 comments:

  1. meu deeeeeeeeeeeeeeeeus.
    eu que QUASE não gosto de cebola com queijo tive aqui mini enfartinhos por causa dessa galette.
    afe, tava indo no mercadinho comprar legumes pro almoço, tô indo é caçar cebolas e manteiguinha pra fazer uma dessas.

    =***

    ReplyDelete
  2. Tati,

    Só pelos ingredientes, eu tenho certeza de que esta galette é deliciosa! Ela também é muito bonita, logo, tá pra mim, tô levando a receita, rsrs.

    Um beijo e, desde já, bom fim de semana!

    ReplyDelete
  3. Hum, Humm, Hummm, Hummmmmmmmmmm!

    Tá linda e perfeita para mim! Eu adoro essa combinação, já pensou se colocar um pouqinho de parma ou então bacon...hummm, mas do jeito que está deve estar perfeita mesmo!

    Parabéns Tati, um belo trabalho como sempre!

    ReplyDelete
  4. Olá Tati, está com uma cara ÓTEMA esse galette!
    E a combinaçaõ é perfeita, ein?!
    bjokas grande

    ReplyDelete
  5. Claro que ficou, e foi demais!!!!

    Acidentes acontecem, mas de forma alguma deve ter comprometido o sabor...afinal, porque comida tem que ser perfeita né?

    Eu adorei, assim como adorei as madeleines de laranja e cardamomo que estão lá no EternosPrazeres hoje ok?

    Obrigada pela receita

    Abraço,
    Bom fim de semana!

    ReplyDelete
  6. Tati, tô de olho nessa galette há tempos, desde que o livro chegou! Na hora que vi, pensei exatamente como você: "tem tudo que adoro". :D

    Ficou linda, mesmo com as trapalhadas. :D

    Beijão!

    ReplyDelete
  7. Hum, você me deixou com vontade.
    Nem parece que deu algo errado, ficou com uma aparência ótima!
    Tem tudo que eu gosto também. Adorei essa receita.
    Beijinho

    ReplyDelete
  8. Amiga, que espetaculo!
    Ja' vai para a minha listinha.
    Um forte abraço
    Léia

    ReplyDelete
  9. nham nham. fiz a bonita.
    e te dedico meu post. brigada, brigada, brigaaaada.

    =*
    saudade.

    ReplyDelete
  10. Fia...
    vc que é toda jeitosa deixou a massinha quebrar... penso q não vou fazer borda não...rs
    Imagine só com meu talento todo e minhas mãos q tremem pela ansiedade...=D (capaz do meu cumpadi perguntar se eu fatiei a torta toda antes de servir...:)
    Mas a massinha está parecendo com a de empada e penso q vou gostar, pq batata e quêjin já amo por natureza...
    Um bejim grande procê e um final de semana de paz e com bons motivos para sorrir (vc merece!)

    ReplyDelete
  11. Tati,
    Oba, uma receitinha salgada!
    E que receita, hein?!?
    Fico imaginando o aroma da cebola frita no azeite..hummmm...
    tambem, já está anotada.
    beijos

    ReplyDelete
  12. Nossa, que combinação! Realmente deve ter ficado incrível!!!
    Beijo,
    Dani

    ReplyDelete