quinta-feira, 18 de março de 2010

barrinhas de pecã


Esta foi minha primeira vez com pecãs, e quanto tempo perdido só porque não ia com a cara delas! Desde criança eu olhei, cismei que era ruim e não quis saber de experimentar, na infância tinha muitas dessas bobagens, mas depois de grande - modo de dizer porque continuo baixinha - continuar com estes preconceitos e ainda querer ser cozinheira amadora é um insulto à culinária. Essas barrinhas são difíceis de parar de comer, ficam um pouco doces, por causa do mel, mas fiquei com saudade quando acabaram. Aqui usei açúcar mascavo escuro, era o único que tinha na ocasião, com o açúcar claro as barrinhas ficam mais bonitinhas. Receita do Cookies, da Martha Stewart.

massa
1 xícara + 2 colheres (sopa) manteiga sem sal, temperatura ambiente
3/4 xícara açúcar mascavo claro - aperte bem na hora de medir
1/2 colher (chá) sal
3 xícaras farinha de trigo

cobertura
1/2 xícara manteiga sem sal
1/2 xícara açúcar mascavo claro - aperte bem na hora de medir
1/4 xícara + 2 colheres (sopa) mel
2 colheres (sopa) açúcar granulado
2 colheres (sopa) creme de leite
1/4 colher (chá) sal
2 xícaras pecãs
1/2 colher (chá)  extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno a 190ºC. Faça a massa colocando na batedeira a manteiga e o açúcar mascavo, batendo em velocidade média por 2min, ou até ficar claro e cremoso. Coloque o sal e a farinha, adicione uma xícara por vez, batendo até ficar fofo após cada adição. Continue batendo até a massa formar grandes farelos. Pressione a massa numa forma retangular (22,5cm x 32,5cm)* deixando 0,5cm de espessura, fure com um garfo e leve à geladeira por 20min, para firmar. Coloque no forno e asse até dourar (18-20min). Deixe esfriar completamente sobre uma gradinha.
Enquanto isso prepare a cobertura: numa panela coloque a manteiga, açúcar mascavo, mel, açúcar granulado e creme de leite, e leve ao fogo alto até abrir fervura, mexa sem parar até cobrir as costas de uma colher - cerca de 1 min. Retire a panela do fogo, acrescente o sal, pecãs e baunilha, mexa tudo. Coloque sobre a massa já fria. Leve ao forno (160ºC) até a cobertura começar a borbulhar (15-20min). Retire do forno, coloque novamente sobre a gradinha, até esfriar completamente. Passe uma faca nas laterais da forma, para a massa se desprender, vire sobre uma superfície, corte em pedaços. Guarde em pote hermético, em temperatura ambiente, por até uma semana.
*fiz meia receita e coloquei numa forma quadrada de 20cm.

15 comentários:

  1. Tati, as pecãs viciam mesmo - elas são deliciosas! Gosto muito mais delas do que das nozes propriamente ditas.
    Que barrinhas charmosas - fiquei com água na boca!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Coisa linda de receita!
    Nunca consigo fazer nada com as pecãs porque como todas antes kkkkkkk....
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Aqui no interiorzão não tem pecã não..rs. MAs deu vontade fazer suas barrinhas com noz normal mesmo. Parecem deliciosas, e ficam lindos, brilhantes assim.

    bjo tati!

    ResponderExcluir
  4. DEvem ser maravilhosas a contar pelo aspecto!
    De babar!!!!
    Beijinhos grandes.

    ResponderExcluir
  5. Nossa Tati, mas uma receita maravilhosa do seu blog heim! Amo vir aqui!
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro as pecãs e essas barrinhas ficaram com um aspecto muito tentador, aaff!
    :)

    ResponderExcluir
  7. eu tenho muita curiosidade de fazer barrinhas, de qualquer coisa, aliás.
    e faz tempo que não como pecãs... sabe que eu nem lembro do gosto? tenho a impressão que são mais doces e menos amarguinhas que as nozes, será que minha memória tá certa?

    beijão.

    ResponderExcluir
  8. Delícia!!!Ficaram lindas!!!!!

    BJs...

    ResponderExcluir
  9. Oi querida
    TAmbém era assim na infancia, mas nao mudei muito nao - hehehe!

    Nunca comi pecã, mas estas barrinhas me encheram de vontade!
    Bjim
    Léia

    ResponderExcluir
  10. Infelizmente, não posso dizer que não gosto das pecãs...eu adoro!
    Barrinhas com cara boa,pra comer agora por exemplo, que tô que não me aguento de fome...ai, deu foi vontade!

    ResponderExcluir
  11. Hmmm, layout novo, que lindo Tati!!

    Agora, eu amo pecãs, mas aqui são tão caras que, bem.. deixa pra depois! Eu sempre como uma daquelas barrinhas de Nutry de nozes, que são feitas com pecãs..

    Sobre o bolo de cenoura, eu apanhei várias vezes! Acho que errei umas 5 receitas. Tenta aquela com cenouras médias, vai dar certo!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Hummm essas barrinhas estão fantásticas!!! Lindas e muito apetitosas...
    bj
    Dani

    ResponderExcluir
  13. Oi Tati. eu fiz 3 receitas de macarrão, deu um monte. mas tô ainda com dor na mão e no braço, hahaha.
    é difícil abrir a massa e conseguir que ela fique mais ou menos fina. e como foi a primeira vez que fiz, a terceira vez que enfrentei com vontade o rolo de macarrão, acho até que deu certo! um colega meu fez lasanha com essa massa, abrindo com uma garrafa de ouzo. hahah. ficou bem boa mesmo.
    queria fazer massa todos os dias, aloka.
    o pudinzinho é muito amor. pena que ele não ficou lindo que nem o seu, todo aerado. ele tava, mas eu com minha delicadeza, espremi tudo quando coloquei o filme :/
    mas é uma delícia. obrigada, era o que eu mais queria mesmo, desde que vi aqui!!!

    venham pra cá na cozinha de domingo, você e maridão! :)
    tô ainda em estágio de aprendiz, mas as coisas têm dando certo.

    beijo, querida!

    ResponderExcluir