sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

panetone - quase que não foi


Fiz este panetone ontem à tarde, e as coisas não saíram como eu imaginava (como vocês bem podem ver na foto abaixo), mas nem tudo são sucessos e glórias na cozinha - e eu sempre evitei postar meus fracassos culinários, afinal, qual seria o motivo, se a intenção do blog é partilhar receitas que eu gosto? Mas aí fiquei com cara de pastel olhando pro panetone derrubado e preferi esperar até a hora de experimentar para decidir se postaria a receita, que seria no café da manhã do dia seguinte. Delicioso, macio, cheio de frutas cristalizadas e uva-passa (eu gosto assim, me deixa), bem aromatizado com as raspas. Com certeza vou repetir esta receita, talvez numa versão chocotone que eu prometi para o marido, e tentar consertar o que eu achei que errei nesta primeira vez: bater demais a massa. Foi também a primeira vez que usei minha batedeira vermelha para fazer pão (a massa fica muito pegajosa para sovar a mão e pesada demais para usar uma colher, por exemplo), e logo lembrei do Paul Hollywood, não sei se li ou vi num programa, que é praticamente impossível sovar demais usando as mãos, é mais fácil acontecer isso usando alguma máquina.

deu ruim




14g fermento biológico seco
xícara água morna
½ xícara leite morno
4 ovos grandes + 3 gemas
⅔ xícara açúcar
1 colher (chá) baunilha
4 xícaras farinha de trigo
¾ xícara mateiga sem sal
raspas de 1 limão e suco de ½
raspas de 1 laranja e suco de ½
2 colheres (sopa) rum
4 xícaras frutas cristalizadas + uva-passa, para quem gosta beem servido de frutas

Antes de começar coloque as frutas cristalizadas e passas de molho com os sucos de laranja, limão e rum, deixe por várias horas. Numa tigela misture metade do fermento com a água morna, aguarde 5 a 10 minutos, adicione ½ xícara de farinha, misture, cubra e deixe num local morno por 30 minutos. Passado o tempo, coloque o fermento restante no leite morno, deixe por 5 minutos. Enquanto isso misture os ovos, as gemas e o açúcar. Coloque o leite na mistura de ovos. Na batedeira coloque a farinha e a manteiga gelada cortada em cubos, bata - usando o batedor de pá - até a manteiga ficar granulosa. Em seguida junte a mistura de ovos e a primeira mistura de fermento, bata por uns 9 minutos. Por fim, coloque as raspas, em seguida as frutas secas e o caldinho que sobrar. Coloque a massa numa tigela grande untada com manteiga e cubra com papel filme também untado. Deixe num lugar morno por 2 horas. Numa superfície enfarinhada coloque a massa e sove algumas poucas vezes, divida a massa em quattro partes e coloque em formas de papel (de 500g cada), out coloque a massa as colheradas. Eu untei ligeiramente as formas de papel. Cubra e deixe descansar por mais 45-60min, ou até a massa crescer ao topo da forma (não deixe ultrapassar a medida da forma, como eu fiz :( Enquanto isso, pré-aqueça o forno a 200ºC. Com a gema restante pincele a superfície de cada panetone, com uma tesoura faça um X sobre cada panettone. Asse por 15min, reduza a temperatura para 180ºC, vire a forma e asse por mais 30 minutos, aproximadamente. Se após os 15 minutos iniciais parecer muito dourado em cima, cubra com uma folha de papel alumínio e asse o restante do tempo. Retire do forno e deixe esfriar sobre uma gradinha por 20 minutos antes de fatiar.
rende: 4 panetones de 500g.

2 comentários:

  1. Gostei do panetone! Mesmo com ar de "desmoronado". A fatia tem um ótimo aspeto!

    ResponderExcluir
  2. Tatiane, realmente esse ar "derrubado" não aparece bem na foto, mas a fatia me faz pensar em fazer panetone amanhã!Eu tbm gosto assim, com frutas e muitas passas, delícia!
    Te desejo um lindo e alegre Natal e que 2016 venha repleto de delícias! Bjs

    ResponderExcluir