quinta-feira, 3 de setembro de 2015

cookies de aveia (sem lactose)


Meu desafio na cozinha atualmente é cozinhar para a Clara esquecendo aquilo que eu gosto de comer, tudo por causa da alergia à leite dela. Por exemplo, eu detesto feijão - esse carioquinha que a gente come em SP - só o cheiro daquilo me dá náuseas, e tenho isso desde criança, mas a bebéia adora sopinha de feijão com legumes e macarrão, como deixar de fazer, né? ela prefere bolacha à bolo, mas eu sempre fico cismada em substituir manteiga por algum óleo, fico ressabiada se vai alterar a textura, por isso procuro receitas já testadas e confiáveis, como esta que achei no blog da Renata, fiz algumas modificações, as sementes de cacau continuam por aqui e acho que ficaria muito bom com alguma fruta seca, damasco me veio à cabeça quando provei o primeiro ;)

1 xícara farinha de trigo refinada
xícara farinha de trigo integral
1 colher (chá) fermento em pó
1 colher (chá) bicarbonato de sódio
½ xícara óleo de coco
½ xícara açúcar refinado
½ xícara açúcar mascavo
1 ovo grande
¾ xícara aveia flocos graúdos
¼ xícara semente de cacau

Misture as farinhas, fermento e bicarbonato, reserve. Numa tigela grande coloque o óleo, açúcares e ovo, mexa bem com um fouet até ficar uma massa homogênea - ou use a batedeira. Coloque a mistura de farinhas aos poucos até formar uma massa lisa. Então coloque a aveia e sementes de cacau, misture bem. Faça bolinhas com a massa e coloque numa assadeira forrada com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC, por 10-15min, ou até os biscoitos dourarem. Deixe esfriar um pouco na assadeira e transfira para uma gradinha.
rendeu: 25.
 

Um comentário:

  1. Ficaram lindos Tati! Gostei muito da sua receita! Meu filho não tem alergia a lactose, como a médica havia sugerido, tirei todos os alimentos e mesmo assim a alergia na pele continuava. Então a médica pediu para tirar o cacau, amendoim, nozes ... E a amergia desapareceu da pele! De vez em quando eu deixo ele tomar um ovomaltine, comer MM's porque fico com o coração partido quando ele me pede chocolate e eu tenho que negar! Sorte a dele que eu não ligo a mínima para doces ou chocolates quase nunca tenho isso em casa, então fica mais fácil de controlar!!! Espero que a alergia da sua filha melhore, conheci crianças que nasceram com essa intolerância e que no desenvolvimento da infância foram melhorando e hoje em dia tem vida normal!!! ;)

    ResponderExcluir