quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

torta de cogumelos, alho-poró, erva-doce...


Queria muito estrear minha nova forma de torta, tinha um monte de sobras na geladeira e o dia das compras se aproximava, juntei tudo isso e o resultado é este. Rapar a geladeira desperdiçando o mínimo de comida é uma das coisas que me dão mais satisfação, dá aquele sentimento de missão cumprida. Fato é que a maior parte das minhas compras hortifrutigranjeiras (parece que acabei de escrever "supercalifragilisticexpialidocious") é para a preparação das papinhas da Clara, mas aos poucos estamos mudando os hábitos, ela se interessa mais pela nossa comida, e eu preciso mudar meu jeito de cozinhar no dia-dia para se adaptar à ela, que não tem sido tão fácil, confesso. A torta ficou bem saborosa, não é obrigatório, mas coloquei uns pedacinho de roquefort na mistura, seu sabor forte ficou bem pronunciado, para quem gosta de queijos assim, recomendo. A receita da massa veio do Tassajara, o toque picante da páprica fez toda a diferença.

massa:
¾ xícara farinha de trigo branca
½ xícara farinha de trigo integral
¼ colher (chá) sal
½ colher (chá) açúcar
¼ colher (chá) páprica - usei picante e defumada
½ xícara manteiga
2-4 colheres (sopa) água gelada

recheio:
1 rodela de pancetta, bem picadinha
150g cogumelos (usei porto-belo)
1 talo de alho-poró
1 bulbo pequeno de erva-doce
sal e pimenta a gosto
¾ xícara creme de leite
2 ovos
½ xícara queijo gruyère

Comece pela massa: misture os ingredientes secos. Corte a manteiga em cubinhos e coloque na mistura de farinha, com as pontas dos dedos vá mexendo delicadamente (use as mãos, dois garfos ou o processador de alimentos). Adicione a água aos poucos, somente o tanto para ajudar a formar uma massa, que ficará esfarelenta, mesmo. Amasse, embrulhe num papel filme e leve à geladeira por 30min.
Par o recheio frite a pancetta picadinha, coloque o alho-poró e deixe em fogo baixo até murchar, em seguida coloque os cogumelos, erva-doce picadinha, acerte o sal e pimenta e deixe cozinhar e absorver o líquido. Deixe esfriar numa tigela grande.
Abra a massa sobre uma superfície enfarinhada, ela ficará meio quebradiça e será melhor colocar preencher a forma aos poucos. Em seguida misure os ovos, creme de leite, queijo, sal e pimenta na tigela dos legumes cozidos, mexa bem até ficar tudo incorporado. Despeje a mistura lentamente sobre a forma preparada (de última hora catei uns pedacinhos de roquefort sobrando e espalhei por cima). Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC por uns 30-40min, ou até o topo do recheio parecer firme e seco
.
Usei uma forma retangular 10x30cm, a quantidade de massa rende para uma forma redonda de 23cm de diâmetro.

3 comentários:

  1. Uma sugestão bem prática e realmente essa forma é fantástica.
    Ficou com muito bom aspecto.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Olá Tatiane, nem tive tempo de vir lhe avisar que fiz o bolo de banana, rs...que bom que já o viu, ficou úmido e muito saboroso, bem do meu gosto!
    Essa torta tem tbm um ótimo aspecto, quase não compro cogumelos e bulbo de erva doce são raros nos mercados daqui e na verdade nunca provei...qto a forma, acho linda, tbm tenho uma! rs
    Bj e ótimo fds

    ResponderExcluir
  3. Essa combinação de sabores é para lá de boa!
    E essa forma é mesmo linda, tb adoro usar a minha.
    E sim, juntar e aproveitar tudo da geladeira é uma boa sensação.
    Um beijinho.

    ResponderExcluir