quarta-feira, 27 de agosto de 2014

linguine com azeite trufado


Muita gente diz que cozinhar é um ato de amor, ou como a Cora Coralina disse: uma forma de amar os outros. Para outra gente cozinhar é terapia, esquecer por um tempo a vida e seus problemas. Há ainda quem diga que cozinha para partilhar com quem ama, deixando o estômago e o coração quentinhos. Meu coraçãozinho de pedra não concorda com nenhum desses motivos. Eu cozinho para mim e ponto final. Não é tão radical quanto parece. Meu marido melhorou bastante, mas ainda é enjoadinho para comer, agora tenho uma filha que por enquanto se alimenta principalmente de papinhas feitas por mim e aos poucos vai experimentando outros sabores (caldo verde, seu preferido).
Na minha infância lembro que minha mãe contava com um pequeno repertório de receitas que ela executava muito bem, mas quando queria se aventurar num prato novo e meu pai não gostava, não importava a opinião minha e do meu irmão, ela simplesmente não fazia mais, tudo bem, minha mãe é de outro tempo, temos uma grande diferença de idade e ela tem outra visão sobre a mulher dentro de um casamento. E foi isso que motivou meu pensamento de "eu cozinho pra mim, assim não preciso depender de ninguém". É no almoço de uma porção que sai meus melhores pratos, é na metade do bolo que vai pro freezer que descubro outras combinações e assim vai. É claro que essa visão não é rígida, às vezes cozinho algo só porque o marido gosta, como um cafuné culinário, às vezes me pego fantasiando sobre os lanchinhos que a Clara vai levar para a escolinha, e sei que o azeite trufado é um gosto próprio e adquirido, assim como os queijos fedidos, cogumelos frescos e sardinhas fritas.
Falando em azeite trufado, eu sei que é um sabor sintético, custaria fortunas inimagináveis se fosse natural, mas eu gosto, principalmente pelo cheiro, me agrada bastante. E tem essa receita da Nigella, que parece um molho Alfredo com azeite, a porção é exatamente para uma pessoa, happily, como ela escreveu, eu adoro, faço de vez em quando e acho a receita irretocável. Vamulá:

100g de linguine (eu uso um medidor de macarrão)
1 ovo
3 colheres (sopa) creme de leite
3 colheres (sopa) queijo parmesão ralado
gotinhas de azeite trufado branco, ou a gosto
sal e pimenta-do-reino
1 colher (sopa) manteiga

Coloque a água para cozinhar o macarrão. Enquanto isso misture o ovo, creme de leite, queijo, pimenta e azeite. Retire o macarrão do fogo 2 min antes do indicado na embalagem, antes de escorrer toda a água, guarde ¼ de xícara. Recoloque o macarrão na panela, adicione a manteiga e 1 colher de sopa da água do cozimento, mexa até a manteiga derreter e estiver envolvida ao linguine. Coloque a mistura do ovo e mexa sem parar até ficar homogêneo e cremoso. Acerte o sal, pimenta e azeite.
rende: 1 porção                      

5 comentários:

  1. O meu marido também é esquesito se faço algo diferente já torce o nariz o meu filho já é como eu gosto de expermentar novos sabores.
    Nunca usei azeite trufado mas penso que ia gostar do sabor pois não sou esquesita.
    Como adoro massas achei essa uma delicia
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Tatiane, interessante ler seu relato, me identifiquei, minha mãe era igual a sua, se meu pai não aprovava algo, ela chegava ao ponto de fazer um enorme X sobre a receita! Minha família, diga-se irmãos e cunhada me criticam qdo digo que cozinho para mim, a meu gosto, mas claro que tbm faço um "cafuné" culinário para uns e outros, inclusive meu filho.
    A massa parece ótima, o azeite trufado ainda não provei, mas vai chegar a oportunidade.
    Um ótimo final de semana p vc!

    ResponderExcluir
  3. Dúvida: Eu passei a morar sozinho há pouco tempo e estou aprendendo do zero a cozinhar. Algumas receitas eu simplesmente não me animo a fazer porque não consome as embalagens inteiras dos ingredientes. Neste receita por exemplo, o que eu faria com o restante da embalagem de creme de leite?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mark, você pode usar o creme de leite de caixinha, que vem só 200g. Com o restante eu usaria para fazer uma porção pequena de estrogonofe, creme de milho, ou usar num bolo (deixa mais macio que usar leite), ou fazer um molho com mostarda para colocar sobre filés de frango, ou encorpar um mac&cheese. Bom, são esses os usos que costumo dar para sobras de creme de leite.

      Excluir
    2. Humm boas dicas, obrigado! :D

      Excluir