quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

espaguete com alcachofras


Admito que fiquei em dúvida sobre a grafia correta do macarrão em questão aqui. Na embalagem constava spaghetti, o Houaiss (dicionário mais fofo do mundo!) me dizia espaguete, e ficamos por isso mesmo. Algumas palavras são difíceis de traduzir, outras me parecem só um estrangeirismo meio pedante, meio cafona.
Fato é que devagar estão voltando meus almoços solitários - prefiro comer longe da Clara, que já está desenvolvendo aquela cara de cachorro pidão para qualquer coisa que comemos. E aí posso escolher pratos que o marido não gosta, tipo alcachofra, que eu amo desde criança. Meus pais compravam uma vez por ano, um montão delas, e pra mim era quase uma festa o dia que minha mãe as preparava, eram recheadas e todos adorávamos. Boas lembranças. Aí ano passado descobri que tem coração de alcachofra congelado, é mais saboroso que aqueles enlatados, que só têm gosto de salmoura, e agora um pacote deles sempre figura no meu freezer. Adorei esta receita, mais apimentada do que estou acostumada, o que não foi nada ruim - com certeza um prato a ser repetido. Receita do Franny's.

8 corações de alcachofras pequenas, ou 4 grandes
¾ xícara azeite extra-virgem
8 dentes de alho, amassados
2 colheres (chá) sal
½ colher (chá) pimenta calabresa
½ xícara água
450g espaguete
½ xícara salsinha picada
3 colheres (sopa) parmesão ralado
1 colher (sopa) manteiga
¼ colher (chá) pimenta-do-reino
4 colheres (chá) queijo pecorino ralado

Corte as alcachofras no sentido do comprimento, fazendo fatias de 1cm. Numa frigideira aqueça o azeite, adicione as alcachofras, alho e sal e cozinhe até as alcachofras ficarem douradas e macias. Em seguida coloque a pimenta calabresa e cozinhe por 1min. Coloque um pouquinho de água e deixe ferver até as alcachofras ficarem bem macias*. Deverá restar um pouco de água na frigideira, desligue o fogo. Enquanto isso cozinhe o macarrão, deixando al dente. Coloque o macarrão na panela, espalhe a salsinha, parmesão, manteiga e pimenta, misture bem e cozinhe por mais 2 min, adicionando água, se necessário. Sirva nos pratos e coloque o queijo pecorino.
rende: 4 porções
*usei alcachofra congelada, e cozinhei conforme as instruções da embalagem, cozinhando em água com um pouquinho de suco de limão ou vinagre. Cozinhei assim até a metade do tempo recomendado e adicionei à frigideira já fatiadas.

5 comentários:

  1. Que delicia de pratinho, sabe sempre muito bem uma sugestão de massa e bem saudável este.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. sabe que eu nunca comi os fundos de alcachofra em conserva, ou congelados, os vendidos, enfim? sempre comi depois de desfolhar a linda inteirinha, deixando as folhinhas de baixo por último e, enfim, o coração.
    lá em casa sempre teve alcachofra - também 'recheadas' com uma farofinha de pão, alho, verdinhos e azeite. uma beleza de receita que passou as gerações - a responsável era a nonna, depois minha mãe e agora minha irmã, que é a alcachofreira oficial da família.

    e receita com fundo de alcachofra tem em mim quase o mesmo efeito que banana: eu sempre leio receitas e questiono 'será que é bom?', ao mesmo tempo que eu sei que amo do fundo do coração.
    minha cabeça não funciona direito.

    ResponderExcluir
  3. Adoro massas e essa ficou perfeita
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. C acredita que nunca comi alcachofra.. tenho um medo de comprar e naos aber fazer kk. Vou procurar no mercado os fundos de alcachofra, assim eu me arrisco a fazer um macarrão tão delicioso..

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Tati querida,
    o macarrão cá a gente chama de esparguete mesmo!
    Um prato de massa simples é sempre convidativo e delicioso.
    Um beijinho.

    ResponderExcluir