quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

maionese caseira


Até pouco tempo atrás só comprava a maionese da Heinz, que era importada da Espanha, era mais cara mas achava que compensava a diferença de preço, além de vir num vidro muito bom que utilizo para tudo. Até que na última compra estranhei a embalagem ser aquela furreca de plástico e custar o mesmo preço, depois que cheguei em casa fui notar que a maionese é fabricada aqui e tem gosto de qualquer maionese normal que custa um terço do preço. Maionese com sabor de decepção. Marido acha que é uma adequação ao paladar brasileiro, já que o ketchup da mesma marca sofreu uma mudança no sabor quando passou a ser produzido aqui. Eu acho que é o bom e velho cortar os custos da produção para manter o lucro. Daí decidi que vou fazer a minha maionese, mesmo. O preço é ridiculamente inferior, dá um pouco de trabalho, admito, mas o resultado final compensa muito, além de fazer um pouquinho de exercício batendo a maionese na mão. Sim, bater com o fouet foi o jeito mais certeiro que encontrei para a maionese não desandar, errei algumas vezes mas finalmente acertei o ponto deste jeito. Receita daqui.

1 gema, temperatura ambiente
1 colher (chá) mostarda (usei de Dijon)
1 xícara óleo vegetal (usei de girassol, pode usar azeite, ou uma combinação dos dois)
1 colher (sopa) limão espremido
sal e pimenta-do-reino

Numa tigela grande coloque a gema e a mostarda, bata com o fouet até misturar bem. Com uma colher de chá coloque gotinhas do óleo e vá batendo até incorporar, coloque mais gotinhas e bata. Se colocar muito óleo de uma vez neste comecinho a maionese vai desandar e simplesmentefficará um líquido, portanto, é importante colocar o óleo de gotas. Depois de bater por uns 3min neste esquema de gotas você vai notar que a mistura vai engrossar um pouquinho, como um mingau ralo. Daqui pra frente coloque uma colher de chá por vez e continue batendo, até ter colocado cerca de metade do óleo, a mistura continuará engrossando. Depois coloque um fiozinho de óleo por vez, até terminar. Quando todo o óleo estiver incorporado a mistura estará mais pesada e não se parecerá com maionese. A mágica acontece quando você colocar o sumo de limão, misture bem e a maionese vai ficar clara e macia. Coloque sal e pimenta-do-reino. Guarde num vidro bem vedado, na geladeira, dura cerca de 1 semana.
rende: 1 xícara.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

lassi de manga e blueberry


Não imaginava que manga e mirtilos combinassem tão bem. A mistura das cores dá um efeito lindo, mas é ainda mais lindo o sabor que elas têm! É uma bebida que também combina com o verão, e ainda um bom jeito de desencalhar aquelas mangas que sobram vez ou outra - aqui a Clara é a comedora oficial de mangas (eu sou apenas a eventual) e às vezes ela se enjoa, e lassi é o fim certo a fruta. Receita daqui.

para a calda:
150g mirtilos
2 colheres (sopa) açúcar
100ml água

lassi:
3 mangas médias
suco de ½ limão
2 punhados de cubos de gelo
250g iogurte natural

Numa panelinha coloque blueberries, açúcar e água, leve ao fogo até ferver por alguns minutos. Bata as frutas no mixer até formar um purê, ou se quiser pedacinhos delas apenas amasse com um garfo. Descasque as mangas, corte em pedaços grandes, coloque no liquidificador com o limão e gelo, bata bem, em seguida coloque o iogurte. Sirva em copos e coloque colheradas do purê de blueberry por cima.
rende: 4 porções.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

sardinha em conserva


Depois que aprendi a fazer esta conserva, há mais de dez anos, raramente comprei sardinha em lata. Porque é mais saborosa, mais barata e sei quais são todos os ingredientes. Claro que não tem o mesmo prazo de validade da lata, que é uns 50 anos, ainda assim vale a pena ter estas sardinhas na geladeira. Com um pão francês fresquinho e crocante, não precisa de mais nada :)

500g sardinhas inteiras (eu peço pro peixeiro tirar a cabeça e barrigada)
1 copo (200ml) óleo vegetal
1 copo vinagre de vinho branco (usei de maçã)
2 dentes de alho descascados
2 folhas de louro
sal a gosto

Arrume as sardinhas na panela de pressão, uma do lado da outra e empilhadas. Coloque os demais ingredientes, leve para o fogo e conte 10 minutos depois que pegar pressão. Desligue o fogo e deixe por 8-12 horas, até esfriar bem, senão as sardinhas se quebrarão. Geralmente faço à noite para retirar da panela na manhã seguinte. Guarde o líquido junto com as sardinhas, na geladeira.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

blondies de laranja e damasco



O sábado de carnaval não foi dos mais animados, passei o dia com enxaqueca no quarto escuro com ventilador ligado, e à noite finalmente melhorei, fiquei folheando um livro novo e fazendo crescer minha lista de receitas para experimentar, daí deu o comichão de ir para a cozinha. Olhando minha lista vi a receita desses blondies e fato raro: tinha todos os ingredientes em casa. Corri pra fazer os blondies, experimentei ainda morno, quase de madrugada, mas ficaram ainda melhores no dia seguinte. Receita daqui.

½ xícara damasco seco, picadinho
2 colheres (sopa) Cointreau (ou outro licor de laranja) 
1 colher (sopa) suco de laranja
1 colher (sopa) raspas de laranja
1 colher (chá) suco de limão
1 colher (chá) raspas de limão
2 colheres (sopa) manteiga
56g cream cheese
112g chocolate branco, picadinho
1 xícara farinha de trigo peneirada (peneire, depois meça)
pitada de sal
½ colher (chá) gengibre em pó
2 ovos grandes, temperatura ambiente
⅔ xícara açúcar
112g chocolate branco, em gotas, ou picado grosseiramente
glacê*:
⅔ xícara açúcar de confeiteiro
3 colheres (chá) Cointreau
3 colheres (chá) suco de laranja

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Para os blondies, unte uma assadeira quadrada de 23 cm (usei uma de 20cm e deu perfeitamente), forre com duas folhas de papel alumínio, deixando um espaço para fora, a fim de formar alças. Numa tigelinha coloque o damasco picado, o licor, raspas e sucos da laranja e limão, reserve. Numa segunda tigela coloque a manteiga e cream cheese e leve ao microondas para derreter (se quiser use uma panelinha e faça no fogão), assim que derreter coloque o chocolate branco e mexa bem, deixe por 5 minutos e mexa novamente até todo o chocolate derreter, deixe esfriar. Em outra tigela coloque a farinha peneirada, sal e gengibre, misture. E finalmente em uma tigela grande coloque os ovos e açúcar, bata por 1 minuto, até ficar esbranquiçado. Junte a mistura de manteiga derretida e mexa bem, em seguda coloque o damasco macerado e o chocolate picado, por fim adicione a farinha e mexa para incorporar. Coloque a massa na forma preparada e leve ao forno por 25 minutos, ou até que um palito saia seco quando inserido no centro da forma.
Para o glacê misture todos os ingredientes. Adicione mais líquido, se necessário, até ficar uma mistura com a consistência de pasta.
*fiz metade desta quantidade de glacê.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

espaguete com abobrinhas - fast food


No calor comida e bebidas frescas e geladinhas é o que há, né? Somente meu café espresso pela manhã precisa estar bem quentinho, no resto do dia é tudo bem refrescante e leve. E achei este prato perfeito para dias mais quentes, quando queremos ou precisamos de algo mais substancial que uma salada de folhas. Além de ficar pronto super rápido, enquanto o macarrão cozinha dá tempo de preparar o restante dos ingredientes e em 15 minutos temos algo leve, saboroso e caseiro no nosso prato, precisa mais? Receita daqui.

400g espaguete (usei integral)
4 abobrinhas
1 punhado de folhas de hortelã, picadas
1 punhado de folhas de salsinha, picadas
raspas e suco de 1 limão
200g queijo feta (ou outro queijo branco)
azeite a gosto
sal e pimenta-do-reino

Cozinhe o espaguete em água e sal, quando estiver cozido retire meia xícara da água e reserve. Enquanto isso, numa tigela grande rale as abobrinhas (eu deixei a casca), junte a hortelã, salsinha, raspas, suco de limão, o queijo esmigalhado e azeite, misture bem e acerte o sal e pimenta. Escorra todo o macarrão e coloque numa panela seca, coloque a mistura da abobrinha, misture, coloque a água do cozimento aos poucos (a abobrinha vai soltar líquido também). Sirva imediatamente.
serve: 4 porções.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

bolo de iogurte e especiarias


Quando acontecem coisas ruins na minha vida eu associo com alguma coisa pequena e cotidiana e simplesmente travo, levo muito tempo para conseguir dissociar, às vezes nunca. Por exemplo, meu pai morreu de forma repentina, no dia do seu falecimento eu usava um esmalte azul que pintara no dia anterior, e levei anos para conseguir pintar minhas unhas de azul. Ou quando preparei este bolo pela primeira vez estava numa fase muito difícil da depressão, e apesar de achar o bolo maravilhoso, passei meses sem que conseguisse bater outro bolo novamente. E talvez por esta razão esta receita nunca saiu da minha cabeça, precisei arrumar coragem para fazer o bolo, e mais que isso, fazer as pazes com este bolo, que me trouxe tantos dissabores quando preparei anos atrás. É isso, eu e este incrível e perfumado bolo de iogurte com especiarias nos entendemos bem num segundo encontro e mal posso esperar por futuras ocasiões, por ora, convido vocês a preparar também :) Daqui.

2 ½ xícaras farinha de trigo
1 colher (chá) canela em pó
1 colher (chá) fermento em pó
1 colher (chá) cacau em pó
½ colher (chá) pimenta-da-jamaica
½ colher (chá) bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) sal
1/8 colher (chá) cravo em pó
1/8 colher (chá) noz-moscada moída
1/8 colher (chá) pimenta-do-reino preta, moída
1 colher (chá) baunilha
1 xícara iogurte natural desnatado
200g manteiga sem sal, temperatura ambiente
½ xícara açúcar refinado
1 xícara açúcar mascavo - aperte na xícara para medir
4 ovos grandes, ligeiramente batidos
1 xícara nozes, finamente picadas
1 colher (sopa) raspas de laranja

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma com furo central de 25cm de diâmetro. Peneire a farinha, canela, fermento, cacau, pimenta-da-jamaica, bicarbonato e sal, junte a noz-moscada e pimenta-do-reino, misture e reserve. Misture a baunilha e o iogurte, reserve. Na tigela da batedeira, bata a manteiga até ficar cremosa e leve, cerca de 1 minuto, aumente a velocidade e coloque os ovos batidos, cercade 3 colheres de sopa por vez, espere incorporar e vá adicionando aos poucos. Junte as nozes. Então adicione a mistura de farinha, alternando com o iogurte, espere incorporar bem à massa após cada adição. Desligue a batedeira, coloque a raspa de laranja, misture bem, coloque a massa na forma e leve para assar por 40-45min, ou até um palito sair seco. Deixe esfriar antes de desenformar.