segunda-feira, 13 de julho de 2015

salada de avocado com tomates e rabanete


É só a gente pegar gosto pelo inverno que ele logo vai embora. Esta semana a temperatura começou a subir e eu logo tratei de fazer uma salada para dar cabo de um dos avocados na geladeira. E também para estrear meu mais novo livro de receitas vegetarianas
Não me tornei vegetariana, nem pretendo, mas se um dia for, vai ser algo natural e não uma decisão pensada. Curioso que meu decréscimo no consumo de carne começou justamente na gravidez, eu adoro bife mal passado, peixe cru, e essas coisas eu não podia comer, aí tive um medo enorme de engordar mais do que deveria (o que não aconteceu) e me joguei no reino vegetal, abri o leque de variedades, conheci outros sabores e nem tive aqueles desejos malucos de grávida! E continuei nesse esquema de pouca carne nos últimos dois anos, o mais estranho é que quando passo muitos dias seguidos sem carne eu começo a ficar mal humorada, brava - e dizem que é o contrário, comer o animal nos transmite essa agressividade... sei lá. Só sei que essa salada ficou muito boa e colorida, colocaria uma fatia de pão, ou uns croutons, senti falta de algum carboidrato acompanhando :)

1 cebola grande, finamente fatiada
3 colheres (sopa) vinagre de vinho tinto
1 dente de alho, picadinho
1 colher (chá) maionese
sal e pimenta
3 colheres (sopa) azeite
3 avocados, sem caroço, picados
12 tomates cereja (usei o italiano, grande)
3 rabanetes, fatiados finamente
½ xícara manjericão (usei salsinha)
85g ricota em lascas (usei queijo de cabra)

Pique a cebola, coloque uma tigela com água gelada e deixe por 30min. Para o molho, misture o vinagre, maionese, alho, sal pimenta e misture, em seguida junte o azeite e mexa bem. Para a montagem, coloque os pedaços de avocado num prato grande, espalhe 2 colheres de sopa do molho, misture delicadamente. À parte misture o tomate, rabanete e manjericão, adicione o restante do molho, misture e coloque no prato sobre o avocado, espalhe as lascas de queijo por cima e sirva.
rende: 6 porções.


segunda-feira, 6 de julho de 2015

caponata do Nigel


Faz um tempinho que não passo por aqui, né? Semana passada estava envolvida com os preparativos da festinha de aniversário da Clara, estava enjoada (literalmente) de cozinhar tanto, e nada me apetecia para comer. Agora estou organizando as coisas de volta, meio devagar e me dei uma folguinha para passar aqui e escolhi para postar o que mais me apeteceria comer agora: esta caponata maravilhosa (amanhã é dia de sacolão e já sei que vou trazer beringelas para casa!). A receita veio do meu divo Nigel Slater, do Tender, passei meses esperando baixar o preço para comprar este livro, ainda continua o mesmo preço, que caiu quase pela metade :o

2 beringelas grandes
1 cebola grande
azeite
2 dentes de alho, fatiados
2 talos de salsão, picado fininho
1 pimentão vermelho, picado
1 colher (sopa) extrato de tomate
200ml passata de tomate
2 colheres (sopa) uva passa branca
4 colheres (sopa) vinagre de vinho tinto
1 colher (sopa) açúcar
1 colher (sopa) alcaparras
1 punhado grande de azeitonas verdes

Descasque as beringelas, corte em pedaços de 2cm e joque sal, misture e deixe por 1 hora. Corte a cebola em tirinhas e leve ao fogo até ficar macia com o azeite, coloque o alho e deixe por 1 minuto. Retire tudo da panela, e em seguida coloque o salsão e o pimentão e deixe cozinhar até ficar macio, então retire da panela e coloque junto da cebola. Drene as beringelas, seque-as e coloque na mesma panela, quando começar a amaciar volte a cebola, alho, salsão e pimentão para a panela, mexa constantemente até a beringela ficar bem cozida. Junte o extrato de tomate, passata, uva passas, vinagre, açúcar, alcaparras, azeitonas e mais 150ml de água. Acerte o sal e pimenta. Deixe cozinhar por 25min, fique de olho para não queimar. Deixe na geladeira por uma noite e sirva com pão.