quinta-feira, 29 de março de 2012

muffins integrais com mirtilo e chocolate


Marquei esta receita faz um tempão, e lá ficou esquecida entre as dezenas de outras. Até que a curiosidade me venceu: blueberry e chocolate meio-amargo combinam? Fui lá preparar, na primeira vez deu errado, só lembrei do açúcar aos 45 do segundo tempo, e mesmo ficando esquisitões gostei bastante do resultado (quando uma receita de muffin indicar "não mexa demais a massa" pode ter certeza que isso tem um motivo). E resolvi fazer de novo, dessa vez sem nenhuma desatenção à lista de ingredientes e até o marido que torce o nariz para as blueberries disse que ficaram saborosos.
Ah, eu usei papel manteiga como forminhas, só para fazer uma graça, e olha, funcionou melhor do que qualquer forminha de papel que já tenha comprado na vida!

1 xícara farinha de trigo branca
1 xícara farinha de trigo integral
1 ½ colher (chá) bicarbonato de sódio
pitada de sal
2 colheres (sopa) cacau em pó sem adição de açúcar
2/3 xícara açúcar mascavo
1 colher (chá) canela em pó
1 ovo grande
1 colher (chá) baunilha
¼ xícara manteiga, derretida
1 xícara leite
1 xícara mirtilos (usei congelado)
½ xícara chocolate meio-amargo picado, ou gotas
açúcar granulado, para polvilhar (opcional)

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Numa tigela grande misture as farinhas, bicarbonato, sal, cacau, açúcar e canela. Em outra tigela menor coloque o ovo, baunilha e leite, misture bem. Coloque a mistura líquida sobre os ingredientes secos, mexa somente até incorporar tudo, não misture demais. Adicione os mirtilos e chocolate picado, misture. Coloque a massa em forminhas preparadas, salpique o açúcar granulado - se usar - e leve ao forno por 18-25min, ou até um palito sair seco. Deixe esfriar sobre uma gradinha. 
Fiz meia receita acima e obtive 6 muffins.

quinta-feira, 22 de março de 2012

biscotti de cappuccino com avelãs



Uma coisa leva à outra, procurava receita de chai, fui pela busca de imagens ver se algo apetecia - isso que é julgar o livro pela capa - encontrei chai cupcake, marquei no Delicious para fazer um dia, dei uma fuçada no blog onde tinha a receita do cupcake, achei também esse biscotti e fiquei doida para fazer. O melhor é que a quantidade de avelãs era exatamente a mesma que tinha guardada, um item a menos na minha despensa! Fica muito saboroso, fácil de fazer e ainda saíram do forno com aquele aroma inconfundível de pão-de-mel - aquela misturinha linda de cravo e canela.

¾ xícara avelãs
2 xícaras farinha de trigo
1 xícara açúcar
½ colher (chá) bicarbonato de sódio
½ colher (chá) fermento em pó
½ colher (chá) sal
½ colher (chá) canela em pó
¼ colher (chá) cravo em pó
¼ xícara café espresso, frio
1 colher (sopa) leite
1 ovo grande
1 colher (chá) baunilha
½ xícara chocolate meio-amargo, picado ou gotas

Aqueça o forno a 180ºC, coloque as avelãs numa assadeira e leve ao forno para tostar, por uns 10min. Coloque-as sobre um pano de prato, deixe esfriar um pouquinho e esfregue vigorosamente para retirar a pele. Pique grosseiramente e reserve. Numa tigela grande misture a farinha, açúcar, bicarbonato, fermento, sal, canela e cravo. Em outra tigela pequena misture o café, leite, ovo e baunilha, Adicione aos pouquinhos a mistura líquida aos ingredientes secos e vá misturando até formar uma massa homogênea (vai ficar uma massa bem molenga). Divida a massa em duas partes, e coloque-as sobre uma superfície enfarinhada e molde uma tora de massa de mais ou menos 25x5cm. Coloque as massas numa assadeira forrada com papel manteiga, deixando 7cm de distância entre as massas. Leve ao forno (180ºC) por 35min, ou até ficar firme ao toque. Retire do forno, abaixe a temperatura para 160ºC, deixe esfriar por 5cm na assadeira, e depois, com cuidado, transfira para uma gradinha, deixe esfriar por mais 5cm. Corte a massa em fatias diagonais, usando uma faca serrilhada, de 2cm de espessura. Disponha as fatias sobre a assadeira, não é necessário deixar espaço, pois não crescerão mais. Leve novamente ao forno (aumentando a temperatura novamente para 180ºC) por 10min, virando as fatias na metade do tempo. Deixe esfriar sobre a gradinha e guarde em pote fechado.

segunda-feira, 19 de março de 2012

macaroni & cheese


Muitas vezes marido e eu nos falamos pelo gtalk durante a semana, e não é incomum eu dizer que estou sem inspiração para pensar no jantar. Às vezes ele resolve a questão e me manda algum link de algo que ele quer comer e metade do problema se resolve pra mim - acho mais chato pensar em algo diferente do que executar qualquer prato. Foi assim que esporadicamente preparo este mac&cheese. Nunca havia fotografado porque sempre fica pronto à noite, já escuro e prefiro as fotos com luz natural - no finalzinho de horário de verão consegui uma luz boa num dia de sol para fotografar o refratário antes de colocar no forno. O prato é feinho de todo jeito, só depois de gratinado o farelo de pão pega uma cor, nada muito diferente, porém delicioso ;)

225g macarrão, massa curta (penne, parafuso)
3 colheres (sopa) manteiga
3 colheres (sopa) farinha de trigo
1 colher (sopa) mostarda em pó
3 xícaras leite
½ xícara cebola, picada
1 folha de louro
½ colher (chá) páprica
1 ovo grande
336g queijo cheddar, ralado
sal e pimenta a gosto
3 colheres (sopa) manteiga
1 xícara farelo de pão (pão duro ralado)

Comece fervendo água para cozer o macarrão. Numa panela grande derreta a manteiga, adicione a farinha de trigo e mostarda em pó, em fogo baixo mexa por 5 min. Em seguida coloque o leite, cebola, louro e páprica, mistura bem e deixe cozinhar por 10min, mexendo de vez em quando. Coloque o ovo numa tigelinha, mexa ligeiramente, então adicione um pouquinho do leite quente na tigelinha, misture bem e verta para a panela. Coloque ¾ do queijo, acerte o sal e a pimenta, misture bem. Por fim, acrescente o macarrão cozido e escorrido, misture. Coloque toda a mistura num refratário, espalhe o queijo restante. Derreta a manteiga  misture ao farelo de pão, cubra o macarrão com a farofinha e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC por 30min, ou até dourar.
Serve 6 a 8 porções, faço sempre meia receita, num refratário redondo de 20cm.

quinta-feira, 15 de março de 2012

pão integral com mel


E a saga dos pães continua! Há uma coisa básica sobre os pães caseiros que nunca percebi antes: eu passo menos qualquer coisa sobre o pão (manteiga, requeijão, geleia, nutella, etc) do que eu passo sobre os pães industrializados, mesmo aqueles de padaria. Tenho muito mais interesse em sentir o sabor próprio do pão, do que mascarar (ou mesmo dar sabor) com alguma cobertura. E perceber isso me fez ficar ainda mais interessada em fazer meu pães com freqüência - espero que o interesse perdure por mais tempo. Esta receita  leva mel, contudo, sua presença é bem discreta, é macio e com o sabor marcante que todo pão integral deve ter. 

3 ½ xícaras água morna
3 colheres (sopa) mel
14g fermento para pães seco
4 ½ xícaras farinha de trigo branca
4 ½ xícaras farinha de trigo integral
1 xícara gérmen de trigo
2 colheres (sopa) sal
1 gema + 1 colher (sopa) creme de leite, para pincelar (só usei o creme de leite)

Numa tigela misture a água morna, mel e fermento, deixe por 5 min, ou até borbulhar. Enquanto isso, numa tigela grande coloque 4 xícaras da farinha branca, farinha integral, gérmen de trigo e sal, misture. Adicione a mistura líquida aos ingredientes secos e sove a massa por 10 a 15min, adicionando o restante da farinha branca aos pouquinhos (não precisei usar toda a farinha). Coloque a massa numa tigela untada com óleo, cubra com filme plástico e um pano seco, e deixe num lugar morno sem corrente de ar, por 1h30 ou até dobrar de volume. Retire a massa da tigela e despeje sobre uma superfície enfarinhada, divida a massa em duas partes, forme um círculo e dobre cada ponta do círculo formando um quadrado, então enrole (como um rocambole). Faça isso com as duas massas e coloque-as em duas formas de bolo inglês (23x13cm) untadas com manteiga ou óleo, coloque a parte dobrada para baixo. Cubra as formas novamente com plástico e pano e deixe no mesmo local para fermentar novamente por 30 a 45min (ou dobrar de volume). Usando um estilete ou uma faca mais fina, faça um corte na massa por todo o seu comprimento. Pincele com a mistura de gema e creme de leite e leve ao forno pré-aquecido a 200ºC por 50 a 60min. Se na metade do tempo o topo do pão estiver muito dourado, cubra com papel alumínio até o término para não queimar. Espere esfriar um pouco antes de desenformar.
Fiz meia receita e rendeu um pão bem pesadão.

segunda-feira, 12 de março de 2012

cookies duplos de amendoim com chocolate


Só tenho uma palavra para descrever estes cookies: perfeitos. Agora, o que não foi perfeita foi a execução deles. No meio do caminho minha batedeira parou de funcionar, do nada. Vamos ver com a assistência técnica se compensa o conserto, tenho a menos de dois anos e é bem pouco usada, pois como já falei inúmeras vezes não gosto muito de batedeiras de modo geral, mas não precisava quebrar, né? Enfim, se sua batedeira não é semi-nova, não é planetária-fusquinha, faça estes cookies, o sabor deles compensará qualquer imprevisto que por ventura acontecer no meio do caminho - e eu desejo que nada aconteça! Ah, receita daqui.

2 xícaras farinha de trigo
1 colher (chá) bicarbonato de sódio
pitada de sal
½ colher (chá) canela em pó
¾ xícara (150g) manteiga, temperatura ambiente
½ xícara manteiga de amendoim cremosa
1 xícara açúcar mascavo
½ xícara açúcar granulado
2 ovos grandes
1 ½ xícara chocolate meio amargo, picado (usei ao leite em gotas)
2/3 xícara amendoim torrado salgado, grosseiramente picado (usei sem sal e esqueci de picar)
2 colheres (chá) baunilha

Numa tigela misture a farinha, bicarbonato e sal, reserve. Na tigela da bateira coloque a manteiga e manteiga de amendoim e bata por 2min, ou até misturar bem. Adicione os açúcares e bata por mais 2min. Em seguida coloque os ovos, um a um, e bata até misturar. Coloque a mistura de farinha aos poucos e bata somente até incorporar à massa. Desligue a batedeira e adicione o chocolate, amendoim e baunilha. Misture bem e deixe na geladeira por 15min, ou até firmar. Faça bolas com a massa, de 3cm, disponha numa assadeira forrada com papel manteiga, deixando uns 6cm de distância. Achate levemente cada bolinha e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC, por 13min ou até dourar, virando a assadeira na metade do tempo. Deixe esfriar sobre uma gradinha e guarde em pote hermético por até 3 dias em temperatura ambiente.
rendimento: cerca de 5 dúzias, fiz meia receita e obtive 17 cookies.

quinta-feira, 8 de março de 2012

biscoitinhos de limão siciliano


Minhas histórias quase sempre se repetem: tenho alguma coisa em casa comprada para ser usada em outra receita, no meio do caminho mudo de idéia e logo procuro outra receita para utilizar o ingrediente. Sinal que além de planejamento preciso de disciplina para realizar as coisas - desde as mais importantes até as menores como o único limão solitário que deveria virar pudim e acabou dignamente nestes biscoitinhos. Sabe aquele biscoito que você começa a comer e fica difícil parar? Estes aqui são um ótimo exemplo. Receita desse livro.


½ xícara manteiga, amolecida
1 ½ xícara farinha de trigo
raspas de 2 limões siciliano
¾ xícara açúcar
2 gemas grandes
suco de limão ou água gelada, se necessário

Numa tigela grande coloque a manteiga, farinha e raspas, misture até formar uma farofinha (use as pontas dos dedos ou duas facas). Adicione o açúcar e gemas, misture. Se a massa estiver seca, coloque o suco de limão aos pouquinhos, até a massa ficar macia e homogênea. Embrulhe num plástico e leve à geladeira por 30min, ou até firmar. Aqueça o forno a 180ºC. Forre duas assadeiras com papel manteiga. Faça bolinhas de 2,5cm com a massa, disponha-as na assadeira a distância de 4cm. Achate cada bolinha com um garfo, cruzando (achei mais fácil deslizar o garfo pra não grudar na massa e desmanchar o "desenho"). Asse por 12-15min ou até ficar levemente dourado. Deixe esfriar na assadeira, por 3min, coloque então sobre uma gradinha e depois de completamente frios coloque-os em pote hermético.
Rendimento: 24 biscoitinhos, fiz meia receita, moldei pequeninos e obtive 25.